Assim como revelado ao Mensageiro de Deus
Marshall Vian Summers
em 23 de novembro de 2007
em Boulder, Colorado, EUA.

Ao redor do mundo o amor é tido com a mais alta estima, como um pináculo da experiência humana. Fala-se sobre o amor em canções, e escreve-se sobre ele em poesias. Ele é exaltado na grande literatura. Ele é cogitado em conversas normais. As pessoas afirmam que estão amando, que o amor é a coisa suprema, que tudo de que você precisa no mundo é amor e que tudo vai dar certo. Mas muito poucas pessoas entendem o que o amor realmente é. E muito poucas pessoas experimentaram amor em um nível mais profundo – além da fascinação, além do entusiasmo absorvente e do apego. Poucas pessoas experimentaram o real poder e corrente do amor.

Além disto, muitas pessoas associam certos tipos de comportamentos, crenças e atitudes com o amor – brandura e passividade são associadas com amor. Paz e harmonia são associadas com amor. Mas na verdade o que seria este amor mais profundo – não um amor que é simplesmente uma fixação, um entusiasmo absorvente ou um apego, mas um tipo mais profundo de amor que é redentor, que emana de um lugar mais profundo dentro do indivíduo?

E além disto, o que é o amor Divino, o amor de Deus? Seria isto meramente um entusiasmo absorvente, uma fixação ou um apego? A maioria das pessoas dizem que não, mas elas não estão certas sobre o que o amor de Deus realmente significa, e como este amor é expresso e como ele pode ser traduzido no mundo efetivamente.

Então hoje Nós falaremos sobre o Amor, o amor maior que vive dentro de cada indivíduo e o amor maior de Deus, que é a soma de todo amor no universo, e que é a fonte de todo amor real em todos os lugares – neste mundo e na Comunidade Maior de mundos. E Nós falaremos sobre o que a Nova Mensagem de Deus para o mundo ensina sobre o amor, porque há uma Nova Mensagem de Deus no mundo, e o amor é parte de sua mensagem.

Aqui é necessário começar dizendo o que o amor não é. Amor não é fascinação. Amor não é fixação. Amor não é apego. Amor não é romance onde você está entusiasmado ou tomado pela aparência de outra pessoa, ou por algum aspecto de sua personalidade. Não é idolatria, onde você idolatra alguém, onde você adora alguém – até mesmo uma Deidade, até mesmo um Mensageiro, até mesmo Deus. Mas estes não representam um relacionamento real, um relacionamento que funciona, um relacionamento de vontades unidas.

Amor não é um comportamento, uma atitude, um maneirismo. Não é etiqueta. Não é convenção. Amor pode se expressar de muitas maneiras diferentes – suavemente ou forçosamente. Amor pode parecer manso. Amor pode parecer forte. Amor pode lhe desafiar. Amor pode lhe criticar. Amor pode expor as suas ilusões, as suas fantasias e o seu auto-engano. Amor não é o que as pessoas realmente querem dizer quando elas falam sobre o amor, em quase todas as circunstâncias.

Amor é um poder mais profundo que move as pessoas a fazerem coisas que são diferentes de suas idéias, de suas crenças e de seu senso de obrigação. O amor é algo além do amor sobre o qual você ouve falar em conversas. De fato, é melhor demonstrar amor do que falar sobre ele, porque amor real é demonstrado. É o que move as pessoas a mudar suas vidas, a reorientar suas prioridades, a associar-se com algo mais fundo e mais profundo dentro delas mesmas. É algo que tem o poder de se sobrepor à ambição humana, ao egoísmo humano, à queixa humana e a todas as crenças e atitudes partidárias, à ideologia religiosa.

Porque o amor não está limitado por estas coisas. Ele só é reprimido, contido ou encoberto por estas coisas. Mas o amor se move de sua própria vontade, sendo associado com o Conhecimento mais profundo que Deus colocou dentro de cada pessoa. Porque veja, você nasceu com duas mentes – uma mente para pensar e uma mente para saber. A mente com a qual você pensa é um produto de todo o seu condicionamento social. É um produto de se estar no mundo. É uma acumulação de idéias, associações e padrões de pensamento que você tem aprendido desde o dia em que você nasceu. Muito disto é útil, e parte disto é arriscado e perigoso para você.

Certamente, você teve que aprender como sobreviver no mundo – como sobreviver fisicamente, como sobreviver socialmente, como participar dentro de um ambiente familiar, dentro de uma cultura ou talvez dentro de uma estrutura religiosa. Você teve que aprender como comunicar as suas idéias e sentimentos. Você teve que aprender o que a sociedade lhe falou que você tem que aprender. Como nós falamos, parte disto é útil e importante, e parte disto é perigoso e não é para o seu bem.

Mas você nasceu com uma mente mais profunda, a mente do Conhecimento. Esta mente não pensa como o seu intelecto pensa. Ela vê e ela sabe. Ela não é o que as pessoas pensam quando falam sobre a mente subconsciente. Aquela é mais associada com a sua mente mundana, ou intelecto. Já esta mente mais profunda não é sujeita ao condicionamento do mundo. Ela não é padronizada ou condicionada pelo mundo. Ela não é ameaçada ou intimidada pelo mundo. Esta mente mais profunda chama-se Conhecimento na Nova Mensagem porque ela é relacionada à experiência de saber diretamente, a experiência de afinidade, a experiência de verdadeira identificação e a experiência de verdadeiro relacionamento.

O amor real emana a partir do Conhecimento. É essencialmente a expressão do Conhecimento. Quando o Conhecimento lhe move a fazer alguma coisa – talvez algo que você nunca planejou fazer, algo que você não entende, algo que vai contra seus planos e objetivos e ambições – isso expressa amor porque você está expressando a vontade de Deus, que é o amor de Deus. Porque o amor de Deus não é separado da vontade de Deus. Deus não pensa do jeito que seu intelecto pensa – feliz num dia, triste no próximo dia, feliz com isto, irado com aquilo, cruel e punidor com aqueles que cometem erros ou que vivem em erro. Isto não é Deus. Isto é a mente humana projetando uma mente humana em Deus e projetando em Deus sentimentos e queixas humanos. É tudo uma projeção da mente humana. Mas Deus está além de tudo isto. E o amor e a vontade de Deus está além de tudo isso.

Então se você vive em sua mente pessoal ou o que você poderia chamar de “mente superficial”, bem, todas as suas noções sobre Deus estão associadas com a sua mente pessoal. Você pensa que Deus é só uma super personalidade, um gigante e enorme intelecto, mas um intelecto que está sujeito a medo e ansiedade, a ódio e recriminação, a julgamento e punição, a idéias fixas, a retidão e heresia. Isto é um Deus que as pessoas acham que pensa como elas, age como elas, se comporta como elas.

Mas quando você pensa sobre o que Deus realmente é – Deus da Comunidade Maior, Deus de toda a vida inteligente no universo, certamente um Deus do universo, da Comunidade Maior, não pode ser condicionado pelas crenças humanas, atitudes humanas, emoções humanas, convenções sociais humanas e todas as coisas triviais que mantêm a humanidade em um estado primitivo e não desenvolvido.

Se Deus é Deus da Comunidade Maior, então Deus é autor de incontáveis formas de vida inteligente, de mundos incontáveis onde vida inteligente evoluiu. Deus é o autor da evolução. Deus é o autor e fonte da expansão do universo. Deus é o autor de toda verdade científica. Deus é o criador de incontáveis raças de seres que não se parecem com você, que não pensam como você ou que não têm o seu sistema de valores. Deus é o autor da natureza, que funciona dentro do mundo e além do mundo e dentro de todos os mundos neste universo e além – em todos os níveis de manifestação. Este é um Deus tão grande que transcende todas as idéias teológicas, sistemas religiosos de crença e organizações religiosas.

É melhor deixar de lado as suas idéias sobre Deus e seguir o que Deus colocou dentro de você para seguir, ver o que Deus colocou dentro de você para ver, escutar o que Deus colocou dentro de você para escutar. Somente aqui você pode experimentar Deus e experimentar seu relacionamento com Deus, e por fim, se você for bem sucedido em seguir o poder e a presença do Conhecimento dentro de você, você descobrirá a vontade de Deus para você nesta vida, neste mundo, neste tempo.

Porque você não pode entender Deus, também significa que você não pode entender a Vontade de Deus. Também significa que você não pode entender o Amor Divino, o Amor de Deus. Mas você pode experimentar estas coisas porque Deus lhe deu uma mente maior e mais profunda – a mente do Conhecimento. Você pode especular, você pode teorizar, você pode estabelecer sistemas elaborados de pensamento, elaborar construções mentais, mas se você não puder experimentar o movimento do Conhecimento em sua vida, a sabedoria do Conhecimento em sua vida, que tem lhe dado conselhos durante todo o tempo – conselho que você não pode escutar, conselho ao qual você não responde porque a sua atenção está fixada na superfície, no seu intelecto e na sua percepção do mundo – se você não pode sentir este movimento mais profundo, bem, Deus é estranho para você. Deus é uma idéia que você pode aceitar ou deixar de lado.

Deus colocou uma expressão da Vontade e Amor de Deus dentro de você, no profundo dentro de você, bem abaixo do intelecto, uma Vontade e Amor que você não pode controlar, que você não pode dominar, que você não pode usar para ganhar riqueza, poder ou influência. Você só pode se submeter a ela. Você só pode seguí-la e aprender dela e executar o que ela dá a você para fazer para restabelecer a sua vida, para reconstruir a sua mente, para reconstruir a sua saúde, para reorientar a sua vida, para restabelecer um conjunto maior de prioridades para você mesmo e com elas uma oportunidade maior para relacionamento com outros.

É este Amor Maior que é tão além e distinto do amor que você ouve falar em conversas. As pessoas dizem, “Eu amo isto. Eu amo ele. Eu amo ela. Eu amo esta comida. Eu amo este lugar. Eu amo o seu vestido. Eu amo a natureza. Eu amo a floresta. Eu amo o oceano.”

Amor real é algo além de tudo isto. O amor real que lhe move a dar a sua vida, que reorienta a sua vida, que lhe diz que você está em erro, que lhe confronta com o fato de que a sua vida tem sido mal gasta e que você está tentando levá-la em uma direção que não é a sua verdadeira direção, isto é amor – o amor que continua orientando você em direção ao seu propósito maior por ter vindo ao mundo, independentemente de seus planos e objetivos, o amor que não muda, o amor que não se adapta aos seus desejos. Isto é o amor. Em alguns momentos, ele é confrontador e desafiador, e você sente que é simplesmente demais para aguentar. E em alguns momentos, ele é confortador e tranquilizador, e você o acolhe e fica muito feliz dele existir, dele ser verdadeiro.

Este é o Grande Amor – o amor de Deus que tem sido colocado em você, no Conhecimento dentro de você, na mente mais profunda dentro de você. Esta mente mais profunda está aqui em uma missão. Ela está aqui com um propósito, porque você veio ao mundo em uma missão, para um propósito, para fazer coisas específicas com pessoas específicas. E o Conhecimento dentro de você está tentando lhe levar lá, apontar você na direção certa para que você possa fazer o seu encontro com estes certos indivíduos e possa encontrar as circunstâncias e o ambiente onde o seu propósito maior possa emergir, possa ser ativado. Enquanto as pessoas estão fazendo planos elaborados e estão reforçando o que elas estão fazendo e o que elas acreditam, o Conhecimento dentro delas está tentando levá-las para algum lugar.

Portanto, nunca pense que as pessoas estão sempre no lugar certo, fazendo o que elas deveriam estar fazendo. Não é verdade. É só uma desculpa. É o que as pessoas dizem para tornar as coisas Ok, para fazer as coisas ficarem boas, quando de fato a vida delas está mal alocada. Elas não estão onde elas deveriam estar. Elas estão funcionando em um nível que não representa o propósito maior delas terem vindo aqui, ou elas estão limitadas por pobreza ou opressão política, ou elas estão travadas em um lugar e não conseguem achar outro caminho.

Mas o Amor de Deus ainda reside dentro delas. Ele nunca vai desistir. Não é como o seu intelecto, em seus desejos inconstantes, e em suas crenças volúveis e em sua confusão, em suas idéias radicais, seu fundamentalismo. A única coisa realmente fundamental dentro de você é o Conhecimento porque ele é a única coisa que é permanente dentro de você. E este Conhecimento não é limitado por ideologia religiosa ou por paixão nacionalista. Ele não pode ser usado como uma arma. Ele não pode ser usado para oprimir outros. Ele não pode ser usado para dividir e conquistar. O Conhecimento só pode ser seguido. Ele não pode ser usado.

A mente deve servir ao Espírito. Não é do modo inverso. As pessoas querem que Deus faça coisas por elas, como se Deus fosse seu servo. As pessoas querem que Deus as proteja do perigo ou catástrofe. Elas querem que Deus entregue o que elas querem para si mesmas, como se Deus fosse um tipo de, como um servo. Isto é onde a mente quer o Espírito servindo a mente. O intelecto quer que Deus sirva e reforce o intelecto. Isto está completamente de trás pra frente. Isto está de cabeça pra baixo. Porque em verdade, o seu corpo é destinado a servir a mente, e a sua mente é destinada a servir ao Espírito, ou Conhecimento. E o Conhecimento está aqui para servir a Deus. Esta é a verdadeira hierarquia de seu Ser. Este é o único arranjo onde a sua integridade pode ser experimentada e estabelecida, onde você pode encontrar união dentro de si mesmo.

Em última análise, tudo serve a Deus porque se o corpo serve a mente, e a mente serve o Espírito, e o Espírito serve a Deus, bem, tudo serve a Deus. Mas para ganhar esta integridade, para ganhar esta harmonia interior, esta união de todos os aspectos de si mesmo, exige-se uma grande preparação – uma preparação que você não pode inventar por si mesmo, uma preparação que não é algum tipo de abordagem eclética onde você pega o que você gosta desta tradição e o que você gosta daquela outra, e você meio que remenda tudo, baseado em suas preferências. Isto é meramente usar o Espírito para justificar a mente. É incorreto do começo ao fim.

O Conhecimento lhe levará a algum lugar que você não poderia levar a si mesmo. O Conhecimento lhe levará além de seus medos e de suas preferências porque todas as preferências são baseadas em medo – o medo de não ter, o medo de se estar errado, o medo de perder, o medo da morte.

Neste mundo, existem muitas coisas que foram realizadas na religião e na espiritualidade. Se você pudesse entender a evolução da vida em outros mundos, você veria o quanto a humanidade alcançou, apesar de seus muitos erros. Você veria que a religião neste mundo na verdade chegou muito longe. Você veria que outras raças mais avançadas tecnologicamente [no universo] perderam toda a sua religião, todo o seu entendimento de espiritualidade. Elas se tornaram muito mais mecânicas, muito mais rígidas – baseadas em idéias, baseadas em sua ciência, baseadas em seus preceitos políticos e estrutura social.

Não pense que a religião neste mundo é um grande erro. Na verdade é a única coisa que a humanidade tem a oferecer à Comunidade Maior nesta altura. O que foi alcançado em termos de liberdade pessoal e conscientização espiritual é na verdade muito bom em face da sua posição no universo como um todo. E este é um entendimento importante porque o futuro da humanidade será na Comunidade Maior, e se vocês vão permanecer uma raça livre e auto-determinada será determinado pelas suas interações com a Comunidade Maior.

O que é o amor? O amor é o movimento do Conhecimento. Ou dito em outras palavras, o amor é a Vontade de Deus expressando a si mesma através de você. Aqui o amor é associado com inspiração, onde a mente é infundida com o Espírito, onde a mente cede ao Espírito, onde a mente é direcionada pelo Espírito. Às vezes isto acontece espontaneamente. Às vezes isto acontece em um momento em que você está extremamente desapontado, e você ouve algo dentro de si mesmo que dá esperança quando você está se sentindo sem esperança.

Mas para ganhar acesso ao Conhecimento, para dar os Passos ao Conhecimento, é necessária uma aproximação muito focada. E esta aproximação deve ser dada por Deus, porque somente Deus sabe como você pode reconectar o seu pensamento com a mente mais profunda do Conhecimento dentro de você.

Existem muitas coisas para seu intelecto fazer e considerar, e mesmo suas grandes habilidades não foram completamente cultivadas dentro das pessoas na realidade, mas neste assunto, você deve receber a graça de Deus, que é o Amor de Deus. A sua vida está perdida. Você não sabe quem você é, ou o que você está fazendo, e você finalmente chega a um ponto do desapontamento onde você percebe que na verdade esta é a sua situação, e tem sido a sua situação durante todo o tempo. E Deus lhe envia os Passos para o Conhecimento. Você pode desejar que Deus lhe desse um novo emprego, um novo relacionamento, um corpo mais legal, ou que Deus iria livrá-lo de suas dificuldades. É isto que as pessoas querem que Deus faça por elas.

Deus as envia aquilo que pode redimí-las, não o que elas querem. O que elas querem só vai perpetuar a condição delas, a dissociação delas, só vai impedí-las de ganhar a oportunidade de ganhar acesso ao Conhecimento. Então Deus e o amor de Deus dão o que é necessário para redenção.

É somente quando você percebe que conseguir mais do que você quer não fará diferença, daí você se voltará ao Conhecimento. É somente quando os seus planos para realização pessoal demonstram ser fracos e falíveis e insatisfatórios que você se voltará para o Conhecimento. Aqui um profundo desapontamento é extremamente importante e detém uma grande oportunidade para você. Mas desapontamento extremo é o que todo mundo quer evitar, então elas continuam tentando planejar e esquematizar e focar sua vida para conseguir o que querem. A sua situação difícil somente é aprofundada. O Conhecimento está falando com elas o tempo todo, mas elas não conseguem ouvir. Elas não estão abertas a isto. Elas querem o que querem. Elas são dirigidas por medo e preferência. E então o amor é desconhecido para elas.
O amor é o que lhes dá o que elas querem. Amor é o que parece bom. Amor é aquilo que dá uma boa sensação no momento. E como resultado, a noção de amor das pessoas se torna uma fonte de seus vícios. E o amor se torna um tipo de vício. Você tem que ter esta pessoa. Você tem que viver neste lugar. Você tem que ter esta comida. Você tem que ter este prazer. Você tem que ter esta droga.

O Amor de Deus é o movimento do Conhecimento dentro de você, porque este movimento está lhe movendo em uma direção da sua redenção e da sua realização no mundo. Para encontrar esta redenção e realização, você precisa ser liberto daqueles relacionamentos e daquelas obrigações que estão mantendo você travado em sua vida. Redenção não é algo que você simplesmente adiciona a sua vida, é só mais uma coisa que você está gerenciando em sua vida. Não é simplesmente uma adição. Ela é a sua vida.

Tudo que o Conhecimento lhe move a fazer, seja impelindo você a evitar alguma coisa ou seja impelindo você em direção a alguma coisa, é tudo voltado à sua redenção. E a sua redenção significa que você conectou a sua mente pensante ao Conhecimento. Isto é redenção. Isto é o começo de uma real promessa para você.

Você não é redimido a Deus. Você nunca foi separado de Deus. Deus não tem raiva de você. Você colocou a si mesmo em exílio. Você entrou em uma realidade onde Deus não é conhecido, onde Deus é esquecido, onde Deus se trata de idolatria, crença e rituais. O que lhe redime é dar os passos para o Conhecimento, conectando a mente ao Espírito, a sua mente pensante com o poder real do Conhecimento dentro de você – não suas crenças sobre o Espírito ou espiritualidade ou religião, mas com a realidade.

Muitas pessoas não conseguem diferenciar entre as suas crenças e a realidade. Elas acham que suas crenças são a realidade. “O que eu acredito é o que é real,” elas dizem. “O que eu acredito é a verdade,” elas dizem. “O que eu acredito é a Vontade de Deus,” elas dizem. E contudo quanto mais inflexíveis elas são, mais isto demonstra que elas ainda não estão conectadas ao Conhecimento. Elas ainda não foram redimidas.

O intelecto deve se render ao que Deus colocou dentro de você. O que Deus colocou dentro de você é a Vontade e o Plano de Deus para a sua vida, que é ligado à Vontade e ao Plano de Deus para toda a vida – dentro deste mundo, além deste mundo, por toda a Comunidade Maior de mundos no universo no qual você vive. Isto é tão grande. Quando você vir o quão grande é, você percebe que os seus pensamentos nunca vão contê-lo ou definí-lo.

O Conhecimento dentro de você é completamente uniforme. Ele está em completa harmonia com o Conhecimento dentro de todas as outras pessoas. E é por isto que ele é o grande apaziguador no mundo. Qualquer paz real que foi fomentada e estabelecida veio do Conhecimento. De outro modo, acordos de paz são arranjos econômicos ou políticos para conter guerra e conflito. Na verdade nenhuma paz foi estabelecida. Paz é o resultado de pessoas reconhecendo e se conectando umas com as outras, não simplesmente realizando comércio sobre uma fronteira, não simplesmente olhando umas para as outras à distância, mas aprendendo a reconhecer e a comunicar e a simpatizar umas com as outras.

Com a crescente população do mundo como é agora, vocês têm uma grande oportunidade de estabelecer unidade humana, uma grande necessidade para estabelecer a unidade humana. Vivendo em um mundo de recursos em diminuição, esta população crescente terá que se unir para sua própria sobrevivência. A própria condição de escassez que vocês estão criando, cria o ímpeto maior para a união humana. Isto tudo é trabalho do Conhecimento.

Deus não quer que a humanidade tenha um mundo superpovoado, um mundo de recursos em diminuição. Mas o Conhecimento vai continuar a mover as pessoas em direção de sua redenção independentemente das circunstâncias. Mesmo se vocês criarem um cenário de pesadelo no mundo, o Conhecimento dentro de você e de outros, moverá você em direção da redenção.

Deus então não é o autor do que você pensa e faz. Deus é o autor da sua redenção. Deus é a fonte do propósito maior que trouxe você e qualquer outra pessoa ao mundo. E qualquer um que possa recuperar a sua Memória Antiga irá experimentar o poder e a autoridade de Deus. E qualquer um que puder dar os Passos para o Conhecimento a fim de trazer Conhecimento para sua consciência irá experimentar o Amor de Deus.

O amor é como o ar que você respira. Você o toma por certo. Você nunca pensa sobre ele. Mas você precisa dele a todo momento. O amor é como o ar. Você pode experimentá-lo? O Conhecimento está dentro de você. Ele é quieto. Ele também está lhe dando conselhos. Você pode sentí-lo? Consegue ouví-lo? Você está disposto a ir a ele com as suas mãos abertas, sem exigências, sem crenças, somente ir a ele? “Eu vou a Deus.” Você vai a Deus. “Qual é a Vontade de Deus para mim? O que devo fazer nesta situação? Eu deveria estar com esta pessoa? Sim ou não? Eu deveria ir a este lugar? Sim ou não? Eu deveria me envolver nesta atividade? Sim ou Não?”

Tudo é simples. Sem acordos. Sem meio-termo. “Bem, farei um pouco disto, se Deus der um pouco daquilo. Vou fazer um acordo com Deus.” Sem acordos. Ou você está aberto a orientação ou você não está. Ou você está disposto a colocar em dúvida o que você quer para si mesmo, ou você não está. Não quer dizer que você se rende a Deus. Isto acontece talvez muito mais tarde. Isto é só uma pequena abertura, uma pequena disposição, um começo. Você tem que começar como um iniciante. Você não pode simplesmente saltar para um estado maduro em seu relacionamento com Deus. Você tem que dar os passos. E Deus provê os passos.

O Amor é o movimento do Conhecimento dentro de você. O Conhecimento é a inteligência maior que Deus colocou dentro de você, para lhe guiar, proteger e levar à descoberta do seu propósito maior neste mundo neste tempo. Todas as outras coisas que se chamam de amor são só um desfile. Não há devoção nelas. Não há sabedoria nelas. São sem substância. A vida não vai apoiá-las.

É por isto que as pessoas se apaixonam, começam um relacionamento, e então descobrem dentro do relacionamento se elas sequer podem estar no relacionamento, o que frequentemente elas não podem. Então onde está o amor? O que é o amor aqui? Só uma fascinação inicial? Um apego a algo que você acha que vai lhe salvar ou fazer de você o que você quer ser?

As pessoas envelhecem. Elas perdem sua beleza. Elas perdem seu charme. A vida confronta você com dificuldades e requisitos. Você deve produzir. Você deve trabalhar. Você deve lidar com a adversidade. O que aconteceu com o amor lá de trás, no começo, que era tão enlevado e maravilhoso? Então o que as pessoas pensam que era amor se torna um tipo de arranjo ou conveniência para sobrevivência.

Há um amor maior. Há o Grande Amor, o amor que Deus colocou dentro de você, dentro de cada pessoa, esperando ser descoberto, esperando ser expressado e experimentado. Este amor não tem uma aparência somente. Não é associado com um certo tipo de comportamento ou etiqueta. Não é uma convenção social. Este amor irá lhe afastar do perigo. Este amor vai desafiar o seu pensamento e suas atitudes. Este amor irá lhe mostrar que a sua vida não está indo para lugar nenhum. Este amor irá lhe mover para ir para um caminho quando você quer ir para outro. Este amor irá lhe restringir. Este amor irá lhe redirecionar. Este é um Grande Amor. Isto é a coisa verdadeira.

Mesmo se você estiver sozinho na vida, se você puder sentir o movimento do Conhecimento, você sentirá o Amor de Deus. Você não vai entendê-lo. Você não vai ter certeza de onde ele está lhe levando. Você não vai ter certeza do que isso significa. Mas se você puder seguí-lo, você vai experimentá-lo. E passo a passo, incremento a incremento, irá mover a sua vida para uma posição diferente e irá abrir uma oportunidade maior para você.

Aqui você deve praticar paciência e tolerância. Você deve suspender julgamento e adiar a sua necessidade de conclusões porque você precisa receber de Deus. Antes de você puder dar o que Deus lhe deu para dar, você deve receber de Deus. Você precisa deixar Deus redimir a sua vida.

Algumas pessoas pensam que redenção é só assumir um sistema de crença: “Eu sou redimido porque agora eu acredito!” Mas isto não é redenção. Crenças são fracas e falíveis. Têm que ser reforçada constantemente. Não tem o poder do Conhecimento. São uma invenção humana. Você terá que ter fé no Conhecimento dentro de si mesmo, mas mesmo aqui você percebe que o Conhecimento é maior do que o seu entendimento. E onde o Conhecimento está lhe levando está além da sua percepção atual. Se você pode seguir, você pode encontrar. Se você pode encontrar, você pode cumprir. Se você pode cumprir, você pode expressar.

Este é o Grande Amor. E a necessidade por este Grande Amor é imensa. Olhe no mundo ao redor de você. Tantas pessoas. Tanta dificuldade. Tanto perigo, com perigo maior ameaçando no horizonte. Onde está o Grande Amor? Em sua vida, com toda a sua ocupação e atividades, suas preocupações e inquietações, suas queixas, suas fixações, onde está o Grande Amor – o Grande Amor que lhe agita e lhe move e lhe conecta? Isto é o que você precisa receber. Isto é o amor de Deus, que é o movimento do Conhecimento. É assim que Deus vai lhe redimir. Você tem tentado redimir a si mesmo, mas é assim que Deus vai lhe redimir.

Pegue tudo que você está fazendo na vida, e pergunte a si mesmo, “Fundamentalmente, isto é o que eu realmente preciso estar fazendo?” Cada relacionamento, “Este relacionamento está me ajudando? É importante para mim agora?” Tudo! E você terá um senso mais profundo dele vindo do Conhecimento, bem no profundo dentro de você. Talvez será um sentimento. Talvez será uma imagem. Talvez a resposta virá daqui a uma semana. Você tem que continuar perguntando e escutando.

Você está pedindo para o Grande Amor lhe redimir, lhe reunir, e lhe colocar em uma posição onde os seus dons maiores podem ser percebidos e dados ao mundo. E isto requer que você esteja em certas circunstâncias, associado com certas pessoas, em certos ambientes. Se você não está no ambiente certo com as pessoas certas, bem, a descoberta não acontecerá. Onde você está fisicamente é muito importante a este respeito. Com quem você está é muito importante a este respeito.

Se a sua compreensão vai acontecer em uma cidade em particular a respeito de certas pessoas ali e você não está naquela cidade, bem, como a descoberta vai acontecer? Mesmo se você está no lugar certo, como você vai encontrar as pessoas certas? Você não pode resolver isto. Isto é grande demais para o intelecto. Somente o Conhecimento pode lhe levar lá. O Conhecimento pode juntar duas pessoas de extremidades opostas do mundo para um propósito maior. Este é o poder do Grande Amor. E o Grande Amor é o que o mundo precisa agora.