Ouça a revelação falada original (em inglês):

Baixar (clique com o botão direito para baixar)

Assim como revelado a
Marshall Vian Summers
em 28 de junho de 2011
em Boulder, Colorado, EUA

Sobre esta gravação

Nesta gravação em áudio você está ouvindo a voz da Assembleia Angélica falando através do Mensageiro Marshall Vian Summers.

Aqui, a comunicação original de Deus, que existe além de palavras, é traduzida em linguagem e entendimento humano pela Assembleia Angélica que supervisiona o mundo. A Assembleia em seguida entrega a Mensagem de Deus através do Mensageiro.

Neste processo incrível a Voz da Revelação está falando novamente. A Palavra e o Som estão no mundo. Pela primeira vez na história, a gravação de uma revelação original falada está disponível a você e ao mundo para ser vivenciada.

Que você seja o recipiente desta dádiva de Revelação e que você esteja aberto para receber a sua Mensagem única para você e para a sua vida.

Enquanto o mundo segue em seus afazeres diários, o Mensageiro precisa proclamar. Ele precisa proclamar a Nova Revelação de Deus, porque ela contém a chave para a vida e o futuro de muitas pessoas.

Ela vai iniciar o chamado delas, seu chamado maior, que não poderia ser iniciado por nenhum outro ensinamento ou nenhuma outra realidade.

Ela está aqui para preparar o mundo para a grande mudança que está vindo, as Grandes Ondas de mudança – as grandes mudanças ambientais, econômicas e políticas – que são muito maiores do que as pessoas antecipam hoje.

Existem muitas pessoas esperando pela Nova Revelação, porque elas não encontraram esta Iniciação nas religiões do passado, nas tradições do mundo. Elas não conseguiram encontrar a conexão mais profunda através de amor, através de trabalho, através de nenhuma outra atividade. Elas têm esperado por muito tempo. Por muito tempo elas têm esperado pela Revelação.

Para elas, isso não é meramente um ensinamento ou um fenômeno. Para elas, isso não é meramente algo para se especular ou para se argumentar, ou para se negar e rejeitar. Para elas, a Proclamação não é ultrajante ou incomum. Ela é a coisa perfeita.

Ela é a Iniciação delas. Ela contém seu chamado, falando através dos Corredores Antigos de suas mentes, falando a uma parte delas que elas mal conhecem, mas que é o centro do seu Ser e da sua presença no mundo.

Para elas este é o maior dos momentos, mesmo que elas não compreendam o significado dele por completo, ou o que ele vai requerer no futuro. Para elas, isso é o que elas estavam esperando.

Elas foram enviadas ao mundo para estar em um tempo de grande transição. Elas foram enviadas ao mundo para ser parte da construção de um novo futuro. A conexão delas é mais com o futuro do que com o passado. Elas são as crianças do futuro.

O que aconteceu anteriormente, o que foi revelado anteriormente, pode ser inspirador ou benéfico para elas, mas não contém a Iniciação delas. Não contém o seu chamado maior. Estas coisas não contêm aquilo que elas têm procurado e esperado, por tanto tempo. É o destino delas, você entende?

Você não pode mudar aquilo que foi estabelecido antes de você vir ao mundo. Embora os eventos do dia e do ano mudem as suas circunstâncias e alterem as suas oportunidades, o seu destino ainda é o mesmo.

Você pode lutar contra isso. Você pode argumentar contra isso. Você pode tentar substituí-lo com grandes projetos, grandes romances, grandes empreendimentos ou um número qualquer de distrações e fantasias, mas você não pode alterar o que foi colocado dentro de você antes de você ter vindo.

Como isso vai ocorrer, se vai ocorrer, onde vai ocorrer, isso tudo pode ser alterado e está sendo alterado pelas circunstâncias variáveis do mundo e pela fidelidade inconstante dentro das pessoas, e suas condições, seu ambiente e assim por diante.

Se o seu destino é receber a Nova Revelação, então você não poderá encontrar o seu chamado em nenhum outro lugar. Tente o que quiser. Seja resistente. Negue-a. Fique de fora. Tente encontrar algo errado nela. Tente rebaixá-la. Tente mantê-la à distância. Mas você não pode alterar o fato de que ela contém o seu destino.

A sua mente pode especular. A sua mente questionará. A sua mente vai achar que isso é ridículo; que isso não pode ser. Mas o seu coração saberá. A sua alma será ativada.

É como a Voz que falou com você antes de você vir ao mundo, preparando você para entrar neste ambiente difícil e desafiador. É aquela Voz – como aquela Voz, como a Nossa Voz – que ativa a conexão, que restaura o foco e significado primários de sua vida.

Mas durante o momento de Iniciação, você não vai entender. Será muito confuso. É tão diferente de seus objetivos, e suas ideias e suas noções sobre você mesmo e sobre o que você está fazendo no mundo.

E de repente é como se você fosse atingido por um relâmpago, e por um momento na escuridão tudo fica iluminado. E você enxerga a verdade sobre a sua vida, e o quão longe você realmente está do seu propósito e chamado maiores, à deriva como se você estivesse em uma jangada no oceano, levado pelos ventos e pelas ondas do mundo.

Mas Deus lhe achou enquanto você está à deriva na vastidão dos mares, achou você. Como um ponto minúsculo na superfície do oceano, você foi encontrado. Você foi encontrado pela Revelação.

Não importam as suas circunstâncias ou estado mental, o chamado vai falar com você, porque ele representa o seu destino. Não é o destino de outra pessoa. Você não precisa se preocupar com elas. É o seu destino.

Você pode dizer, “E quanto às outras pessoas? E quanto ao meu cônjuge? E quanto aos meus filhos? E quanto àquele amigo querido?”

Mas Deus achou o ponto minúsculo no oceano, e este ponto é você.

Esta é a Iniciação. Misteriosa ela é. Você não pode compreendê-la com o intelecto. Você não pode controlar o que ela significa, ou o que ela vai lhe levar a fazer. Está além do seu controle porque Deus está além do seu controle.

As suas grandes ideias, as suas firmes convicções, todas elas parecem ser muito rasas e fracas diante da Presença. Os seus argumentos são vazios. A sua rejeição não tem uma emoção verdadeira. A sua negação é insincera. A sua recusa carece de convicção. Porque é a sua Iniciação.

E uma vez que a Iniciação tenha sido reconhecida, depois de alguma luta, a jornada de preparação se estende diante de você. Os Passos para o Conhecimento se estendem diante de você. A reivindicação da sua verdadeira vida, e tudo que isso vai exigir de você e das suas circunstâncias e obrigações atuais, são apresentadas diante de você, passo a passo.

Você não pode chegar ao seu propósito a partir de onde você está, porque você está à deriva e você não encontrou o seu porto seguro. Você não encontrou a vista de terra firme, onde a sua vida está destinada a ser.

Que época então esta é, para ser atingido pela Revelação. Momentânea ela parecerá, mas de repente tudo começa a ter uma sensação diferente. Você teve uma experiência que se contrasta com as suas experiências normais, e isso começa a criar um contraste que você levará adiante consigo. Porque nada que você possa fazer por conta própria poderá competir com isso. É maior do que qualquer experiência que você jamais tentou ter. É maior do que qualquer objetivo que você jamais tenha estabelecido para si mesmo.

Você se sente amedrontado e sobrecarregado, confuso, mas está tudo bem. É natural. A sua vida mudar tão de repente, certamente criaria confusão e desorientação. Certamente seria decepcionante para as suas obsessões e distrações atuais.

Uma vez que Deus tenha colocado a marca de Deus sobre você, então não é exatamente como se você pudesse apagá-la da sua vida, cobrí-la, fazê-la ir embora, tentar dar uma explicação ou racionalizá-la para si mesmo para que o poder dela seja diminuído. Você vai argumentar contra a Revelação para você?

Não é por acidente que aconteceu de você se deparar ou até mesmo ouvir sobre a Nova Revelação. Todas as forças no Céu que apoiam você têm tentado lhe levar à este ponto de reconhecimento e têm tentado impedir que você destrua a sua vida no processo, para limitar o dano que você já causou e o desperdício que você já criou, para que você esteja disponível e capaz de responder.

A Iniciação pode fazer você se sentir perdido e confuso, extremamente incerto. Você pode até pensar que é um grande infortúnio. Mas a partir da posição e perspectiva do Céu, você é abençoado dentre poucos, uma pessoa a quem foi dada a maior das oportunidades. Então, e daí se isso significa mudar a sua vida e circunstâncias? O que é isso comparado com quem você é, e o motivo pelo qual você foi enviado?

Estas coisas são significantes para você, sim, neste momento e talvez significantes para outros que estão envolvidos com você. Mas uma oportunidade maior foi dada para você, e ainda mais do que uma oportunidade – um chamado.

Uma vez que esta Iniciação ocorra, a sua jornada mudará, talvez de forma imperceptível no início, mas algo terá mudado o curso da sua vida. Você nunca mais será o mesmo. Mesmo se você passar a vida negando e rejeitando o que aconteceu, você nunca será o mesmo.

Você nunca mais ficará feliz com simples prazeres apenas. Você nunca ficará contente com os seus antigos objetivos ou distrações, passatempos ou interesses. Algo mudou.

Do ponto de vista do Céu, isso é uma grande bênção. Finalmente a sua vida tem uma possibilidade de ser redimida. Mas isso pode parecer muito diferente para você naquele momento.

Você precisa então se apegar à Revelação se esta é a sua Iniciação, e você saberá se ela está no centro do seu Ser. Não é uma discussão intelectual com você mesmo. Não é um processo racional. A racionalidade humana é meramente um mecanismo para se lidar com um mundo incerto e imprevisível. Ela é apropriada em certas circunstâncias e se torna desesperada em outras.

É importante que você saiba do Mensageiro porque se a Iniciação ocorrer enquanto ele está no mundo, então a sua oportunidade se torna maior e mais significativa. Seria um grande infortúnio para você não encontrá-lo enquanto ele está aqui.

A Revelação somente acontece a cada uns tantos séculos, ou talvez uma vez por milênio, e acontece que você está aqui neste tempo. Da perspectiva do Céu, esta é uma grande bênção, uma grande oportunidade.

Mas quem pode reconhecer o Mensageiro? Ele parece ser bem mediano. Ele não tem uma aparência sensacional. Ele não tem uma grande posição no mundo. Ele desaparece na massa de pessoas. Ele anda entre elas. Ninguém o reconhece, exceto talvez aqueles que foram atingidos pela Revelação.

Para aqueles que se encontrarem com ele, ele pode não revelar o seu verdadeiro propósito e trabalho no mundo, dependendo de quem eles forem. Como pode ser que alguém não veria isso? Como poderia ser que alguém com tão grande importância no mundo não seria reconhecido pelas pessoas que estão bem ao lado dele?

É a situação do mundo. Todos têm olhos para ver e ouvidos para ouvir, mas estão olhando de forma diferente, e estão tentando ouvir o que está na mente deles e aquilo que confirma o que está na mente deles e não o que existe na realidade.

Então eles olham, mas não enxergam. E eles escutam, mas não ouvem. Ficam bem ao lado do Mensageiro, mas não reconhecem que estão sentados ao lado da pessoa mais importante do mundo inteiro neste momento!

Ele nunca vai dizer isso de si mesmo. Ele é humilde demais para isso, então isso precisa ser dito por ele.

É como ocorreu séculos atrás. Você estava tomando chá à mesa com Muhammad, mas você não sabia quem ele era. Bem, ele se parece com qualquer outra pessoa. Ele não está irradiando a Presença. Ele não é tão magnificente ou onipotente que todos ao redor dele se deixem arrebatar por sua presença. Ele é só um homem, vestido tradicionalmente, só um homem. Ali está ele. Eu vejo ele agora. Ele está bem aqui. Nada especial. Ele teve que pregar muito para que as pessoas sequer ouvissem a ele. Tão cegos estavam todos ao redor dele, que somente alguns poucos puderam ver. Tal é o dilema e o fardo do Mensageiro em qualquer época de Revelação.

A Iniciação começa com impacto. Ela começa com insatisfação e o reconhecimento de que você está buscando, que você não está contente com o que você tem e onde você está, e com o que você está fazendo, pois isto não representa quem você é e nem o motivo pelo qual você veio aqui.

Aqueles que pensam que estão contentes ainda não foram fundo o bastante dentro de si mesmos, para perceber que estão longe de onde precisam estar, e daquilo que precisam estar fazendo.

O objetivo não é felicidade mas sim preparação, prontidão, contato, reencontro e, no fim das contas, contribuição ao mundo, onde possa ser apropriado para o indivíduo. É por isso que a busca pela felicidade ilude tanto, porque a Revelação lhe deixará desconfortável. Ela vai desafiar você.

Você acha que Deus vai vir e confortar você quando na verdade você foi enviado ao mundo para fazer algo que você não está fazendo agora, e que você não tem esperança de fazê-lo a menos que algo maior seja dado à você, a menos que você seja chamado para fora da multidão, a menos que a sua jornada seja alterada pelo Poder do Céu?

Você será somente um ponto minúsculo no oceano, desconhecido para si mesmo, desconhecido para outros. Mesmo que você tenha uma grande posição e tenha adquirido riqueza e estatura na sociedade, a natureza vazia da sua vida será generalizada, a menos que você tenha encontrado o seu trabalho maior e esteja fazendo-o com o melhor da sua capacidade.

Aqueles que fazem isto, experimentam uma satisfação e um senso de valor e poder que se perderam para todas as outras pessoas, não importa o que elas proclamem para si mesmas.

A Nova Revelação de Deus vai esclarecer a natureza da espiritualidade humana, que tem sido sobreposta pela cultura, por convenções e por manipulação política.

Ela deixará claro que você nasce com duas mentes – uma mente mundana que é condicionada pelo mundo, e uma mente mais profunda dentro de você que ainda está conectada à Deus. Ela deixará claro que o intelecto tem limites, e que além destes limites você precisa ir abaixo da superfície da mente.

Ela deixará claro que você não tem como se realizar separadamente do seu trabalho e destino maiores, e que todos os prazeres que você busca serão temporários e não satisfarão a necessidade mais profunda da sua alma.

Ela deixará claro que você está vivendo em um tempo de grande mudança, em que o isolamento da humanidade no universo chegará ao fim, e em que as Grandes Ondas de mudança atingirão o mundo – um tempo de grande agitação e incerteza, um tempo para a Revelação ocorrer.

As pessoas podem querer muitas coisas do Mensageiro – esperando por dispensações, milagres, esperando acreditar em alguém sobrenatural, esperando que as suas vidas sejam enriquecidas pela sua presença e obra.

Elas ficarão desapontadas, assim como os Mensageiros anteriores desapontaram muitas pessoas. É por isto que os Mensageiros são negados, rejeitados, evitados e em alguns casos destruídos, porque as pessoas não conseguem aquilo que querem. Elas somente recebem o que elas realmente precisam.

O que as pessoas querem e a Vontade do Céu são coisas muito diferentes. Mas se em verdade você pudesse discernir as suas necessidades mais profundas para a vida, além da sobrevivência e da aquisição das coisas simples que são necessárias para uma estabilidade e segurança no mundo, você veria que aquilo que você quer e a Vontade do Céu, na realidade são a mesma coisa. Mas este reconhecimento somente aconteceria para o indivíduo em um estado muito profundo de honestidade consigo mesmo.

É pouco provável que você já tenha chegado a esse ponto. Mas você que está ouvindo as Nossas palavras chegou ao ponto onde a Iniciação pode ocorrer. Você precisa ouvir com o seu coração, não com o seu julgamento e as suas ideias e todos os requisitos que você considera necessários para a Revelação ser real e significativa para você, como se você pudesse determinar tais coisas.

Até mesmo no estado de angústia das pessoas, elas ainda não possuem a humildade para reconhecer que elas não podem estabelecer as regras de interação a respeito do seu relacionamento primário com o Criador e com a Vontade do Céu.

As suas crenças religiosas não podem realmente fazer isso porque isso acontece além da esfera da crença. A crença não levará você para a sua Antiga Morada, o seu estado Celestial, porque a crença é fraca demais, temporária demais. Quando você deixar este mundo você não terá nenhuma crença. Todas elas passam com o corpo. Você vai simplesmente estar lá, você como você realmente é.

A sua Família Espiritual receberá você e perguntará se você realizou certas coisas, e naquele momento, sem o fardo e o efeito ofuscante das suas crenças, será claro como o dia se você cumpriu ou não estas funções primárias. E não existe condenação caso você decline. Somente significa que o seu trabalho ainda não acabou.

Você precisa trabalhar o seu caminho de volta ao Céu, entende? Você tem que servir o mundo separado, o universo separado. Você precisa trabalhar o seu caminho de volta, através de contribuição e através de auto-desenvolvimento. Você não pode retornar à sua Antiga Morada como uma pessoa miserável, em conflito, contenciosa e aflitiva. Se esse fosse o caso, o Céu pareceria como um Inferno para você.

Deus não dispensa simplesmente todos esses problemas porque Deus não os criou. Eles precisam ser desconstruídos. Deus lhe deu o poder do Conhecimento, a inteligência mais profunda, e um chamado maior para apagar a tragédia da sua vida e existência anteriores e para restaurar a você a dignidade e o propósito que são para você reivindicar, e o propósito que é para você servir.

Tudo começa com a Iniciação. Se é para ser verdadeiro e eficaz, começa com a Iniciação. É ali que Deus define os termos de compromisso e onde estabelece o início da sua verdadeira jornada ao Lar.

Você não pode levar a si mesmo de volta ao seu estado verdadeiro, porque você não sabe o caminho. Você não pode simplesmente seguir uma receita de outra pessoa, porque o envolvimento com o Conhecimento e a Presença deve acontecer em algum ponto ao longo do percurso, ou isto seria um empreendimento intelectual e não uma jornada da alma.

O tempo é curto para o mundo. Não há tempo para se gastar décadas e séculos aperfeiçoando a si mesmo ou tentando resolver os seus dilemas. O chamado é para agora. A hora vai tarde.

Isto será uma pressão para você se você puder responder, mas a pressão vai diminuir o tempo necessário para você responder e se preparar. E isto é uma grande bênção, porque o tempo se torna um sofrimento para aqueles que não podem responder.

A dádiva está dentro de você, mas você não pode abrir a fechadura da porta. Você não tem a chave. Você não pode descobrir a sua natureza mais profunda porque você ainda não tem o panorama completo. Você ainda não está em relacionamento com a sua Fonte porque a sua natureza mais profunda é o relacionamento com a sua Fonte. Como você poderia encontrá-la vivendo em Separação, perdido nos oceanos do mundo?

Esta é a dádiva do Céu – que a sua vida pode ser redimida. Mas você
precisa permitir que o caminho seja apresentado à você.

Você precisa responder à Revelação. Se você não respondeu às Revelações anteriores de Deus, então você está esperando pela Nova Revelação.

Em algum momento, em uma hora de desespero ou desilusão, você sentirá uma comoção mais profunda dentro de você. E você vai reconhecer que você veio para um propósito maior que você ainda não descobriu mas que aguarda você, esperando pelo momento em que a sua vida está sendo chamada.