Ouça a revelação falada original (em inglês):

Baixar (clique com o botão direito para baixar)

Assim como revelado à
Marshall Vian Summers
em 18 de agosto de 2012
em Boulder, Colorado, EUA.

Sobre esta gravação

Nesta gravação em áudio você está ouvindo a voz da Assembleia Angélica falando através do Mensageiro Marshall Vian Summers.

Aqui, a comunicação original de Deus, que existe além de palavras, é traduzida em linguagem e entendimento humano pela Assembleia Angélica que supervisiona o mundo. A Assembleia em seguida entrega a Mensagem de Deus através do Mensageiro.

Neste processo incrível a Voz da Revelação está falando novamente. A Palavra e o Som estão no mundo. Pela primeira vez na história, a gravação de uma revelação original falada está disponível a você e ao mundo para ser vivenciada.

Que você seja o recipiente desta dádiva de Revelação e que você esteja aberto para receber a sua Mensagem única para você e para a sua vida.

As pessoas não percebem o que o Mensageiro está enfrentando no mundo. Para ele, é uma coisa muito difícil, e ele está relutando em aceitá-la porque ela é tão difícil – com tantos riscos e incertezas e com a garantia de rejeição e negação. É uma coisa muito difícil, você entende?

Para os Mensageiros, este sempre foi o caso. E embora eles tenham sido as pessoas mais importantes em toda a história humana, eles também tiveram algumas das tarefas mais difíceis – tarefas que eles próprios nunca escolheriam para si mesmos, mas que foram dadas a eles, com grande ênfase.

Na verdade, o milagre do trabalho deles é o milagre da aceitação e disposição deles para seguirem um modelo e um caminho que eles próprios não criaram ou projetaram, para se aventurarem sem um grande esquema ou plano – sem saberem todos os passos e sem saber o que eles precisariam, o que deveria ser desenvolvido dentro deles, o que deveria ser deixado de lado e o que isto exigiria daqueles que foram chamados para auxiliá-los e seguí-los.

Assim, embora eles possuíssem a maior das tarefas no mundo, também tiveram o mínimo de informação para começar. Apenas a certeza que isto deveria ser feito. Apenas o poder do engajamento com a Assembleia Angélica. Apenas a convicção profunda dentro deles de que era isto. Isso é tudo para o que se prepararam. Isso é tudo que eles tem que fazer.

Não há alternativa. Não existe outra vida para escolher. Não existe saída. Você não pode se esquivar quando atinge este ponto, você entende? Você deve entrar naquela embarcação que está navegando para o Novo Mundo, com todos os perigos que isto envolve e a incerteza do que você irá encontrar e experimentar quando chegar.

Para o Mensageiro, o perigo é tanto o fracasso quanto o sucesso. Se ele fracassar em alcançar um número suficiente de pessoas no mundo, então a Mensagem dele pode não se fixar aqui, poderá cair na obscuridade e ser alterada e mudada pelas pessoas para seus próprios propósitos e desejos.

De certo modo, porém, o sucesso contém uma dificuldade maior para o Mensageiro, pois com o sucesso vem o reconhecimento, e com o reconhecimento vem o infortúnio. Com o reconhecimento vem aceitação que não é verdadeira – pessoas correndo para encontrar o Mensageiro, mas por todos os motivos errados, querendo favores especiais, querendo milagres, querendo dispensações especiais, querendo estar com o Mensageiro, para fazer parte de sua comitiva especial, para viajar com ele e ser seu companheiro e para reivindicar toda a importância e reconhecimento por isto.

Além disso, haverá pessoas que irão pensar que o Mensageiro é seu colega e seu parceiro. Daí haverá pessoas que virão, mas que não estão verdadeiramente dispostas a fazer o esforço, o autoexame e o trabalho necessários para se colocar à altura desta grande ocasião, certamente a maior ocasião deste tempo no mundo.

Sim, elas vieram pelos motivos certos, mas elas não conhecem a si mesmas o suficiente para enxergar onde poderiam fracassar, para enxergar onde elas são fracas e vulneráveis, para enxergar onde poderiam cair sob a persuasão de outras forças, recuando para as sombras assim que a estrada se torne mais difícil e desafiadora.

Alguns desaparecerão. Eles não conseguem aceitar o desafio. Eles não conseguem enfrentar a honestidade que isto exigirá dentro de si mesmos, ainda que eles sejam chamados a esta situação, ainda que estes sejam o lugar e o momento certos para eles.

Dentre aqueles que rejeitarão o Mensageiro estão todos aqueles que estão protegendo sua posição, seu investimento, sua ideologia, sua arrogância, sua importância, seu orgulho, sua posição na sociedade, sua posição na comunidade acadêmica, sua posição na comunidade teológica.

Existem aqueles que irão rejeitar o Mensageiro porque ele não traz presentes e milagres para eles, nem os alivia de todas as suas dificuldades – prometendo êxtase, grande alegria e paraíso no futuro. Eles precisam ser convencidos da verdade. Eles mesmos não conseguem vê-la claramente. Eles irão querer que o Mensageiro se prove para eles, quando na realidade é eles que precisam se provar para ele.

Além disso, há todos os falsos mensageiros que por orgulho, arrogância e insegurança, irão anunciar que eles têm uma nova mensagem de Deus ou algo equivalente a isso. E eles podem ser muito persuasivos, muito agressivos, muito encantadores, carismáticos. Mas a mensagem deles não possui substância. Ela não é original em nenhum sentido. Embora ela possa fazer algumas associações intelectuais diferentes, não é uma Nova Revelação. Ela não traz uma nova realidade para o mundo. Não prepara a humanidade para o futuro. Não contempla toda a vida neste mundo e além. Ela é o produto da imaginação, da curiosidade e da associação imprudente deles.

E eles falharão no teste, você entende? E, portanto, o Mensageiro será associado a eles – o falso mensageiro. “Oh, nós tivemos tantos falsos mensageiros antes. Nós fomos avisados sobre os falsos mensageiros”. Assim, o verdadeiro Mensageiro será associado a eles.

As pessoas querem que o Mensageiro se ajuste às expectativas e definições delas, você entende? Elas querem que ele seja puro, magnânimo, magnífico, todo-poderoso, capaz de fazer coisas que ninguém mais pode fazer para provar-se para elas, quando na realidade são elas que devem se provar para ele.

Os Mensageiros anteriores foram tão exaltados, enfeitados, amplificados que eles se tornaram como deuses, quando não são chamados de deuses diretamente. Portanto, [as pessoas pensam que] um novo Mensageiro deve possuir todas as qualidades que foram adicionadas a, e associadas com, os grandes Mensageiros anteriores no mundo. Assim as expectativas não são realistas e não têm nada a ver com as verdadeiras qualidades do Mensageiro ou com o que qualifica esse indivíduo a fazer esta proclamação e assumir este papel maior no mundo.

As pessoas acham que não há futuros Mensageiros. “O Profeta foi o último Mensageiro. Cristo foi o último Mensageiro. Não precisa haver outros.” Mas isto é dizer que Deus não tem mais nada a falar para a humanidade, que Deus perdeu o interesse na humanidade e que não preparará a humanidade para os maiores eventos da história humana, os quais ela está agora começando a enfrentar: um mundo em declínio, um mundo em retração, um mundo de diminuição de recursos, de fenômenos climáticos violentos e de instabilidade econômica e política cada vez maior; um mundo enfrentando agora crises globais, não simplesmente regionais ou locais; um mundo enfrentando intervenção vinda do universo ao redor de vocês, feita por pequenos grupos invasivos que estão aqui para tivar vantagem das fraquezas e expectativas humanas.

Nenhuma das Revelações anteriores de Deus pode preparar vocês para isso. Nenhuma das Revelações anteriores de Deus foi dada para falar a toda a humanidade logo de início. Pois a Nova Mensagem de Deus não é para um grupo ou uma região ou uma tribo. Ela é uma Mensagem para o mundo inteiro, agora mesmo, pois todos estão enfrentando as Grandes Ondas de mudança que estão vindo ao mundo, e todos estão enfrentando um universo repleto de vida inteligente, um universo não-humano do qual a humanidade não conhece absolutamente nada.

Será que Deus permitiria que a humanidade fracassasse coletivamente e completamente em face de um ou de ambos destes grandes limiares, enquanto as pessoas estão lutando e matando umas as outras sobre quem deveria ser o Profeta, ou sobre qual deveria ser a verdade, ou sobre qual deveria ser a definição delas a respeito de Deus, com toda a inimizade, crueldade, miséria e falta de perdão no passado para reforçar e fortificar estas atitudes e crenças?

Sem uma Nova Revelação, a humanidade irá se desmantelar em crise após crise após crise à medida em que a comida, a água e a energia tornam-se mais escassas e difíceis de encontrar – levando a guerras de desespero, levando a violência a uma escala nunca antes vista no mundo.

As pessoas não veem isso, não porque não é aparente, não porque seus sinais não estão sendo demonstrados no mundo, mas porque elas não têm a força ou a coragem ou a fé para enfrentar coisas desta magnitude. Elas vão pensar que é o fim dos tempos: o fim do mundo finalmente chegou. Mas é o início de uma grande transição.

E o desfecho dessa transição será determinado nos próximos vinte a trinta anos – se a humanidade será uma raça despojada e subjugada, subjugada por raças alienígenas que se posicionaram aqui sob o disfarce da oferta de esperança e redenção a uma humanidade em luta. Ou a humanidade irá se erguer e se tornar uma raça forte e independente no universo, estabelecendo suas próprias fronteiras e regras de interação com a vida além? A humanidade aprenderá a viver num mundo de diminuição de recursos, um mundo que requer maior serenidade, cooperação, perdão e contribuição?

Somente Deus sabe. As pessoas estão perdidas no passado. Elas estão se movendo para frente olhando para trás de si. Elas não veem o que está vindo no horizonte. Elas não veem porque estão com medo demais, obcecadas demais, preocupadas demais e cheias demais com suas próprias ideias e crenças, arrogantes demais, ignorantes demais. Embora a vida esteja dando para elas os sinais e os avisos, elas não veem. Elas não ouvem. Elas não respondem.

Assim, Deus precisa enviar uma Nova Revelação ao mundo e enviar um novo Mensageiro ao mundo para preparar a humanidade para estes que são os maiores de todos os eventos. E ele terá que enfrentar tudo aquilo que os Mensageiros anteriores tiveram que enfrentar. Mas ele terá que enfrentar ainda mais, pois agora ele está falando para o mundo inteiro – pessoas de muitos países todas de uma vez, pessoas de muitas culturas e muitas religiões todas de uma vez. A adversidade que ele irá enfrentar pode seguramente ser maior do que qualquer coisa que um Mensageiro anterior precisou enfrentar no tempo deles, nas circunstâncias deles.

A resistência à Revelação de Deus virá de muitos círculos – governos, instituições religiosas, outras pessoas competindo por preeminência. Ela será rejeitada por pessoas seculares e cientistas, pensando que, “Bem, esta é outra tolice, achando que Deus está falando novamente”. Devido ao fato deles terem tornado seus ideais e sua ciência em sua religião, e como todas as outras figuras religiosas que não estão abertas à uma Revelação, eles a rejeitarão pelas mesmas razões.

Assim o Mensageiro tem a grande oportunidade de falar para o mundo em eventos transmitidos e na palavra escrita, de uma só vez alcançando um mundo não em séculos, mas em décadas. Porém a adversidade que ele terá que enfrentar poderá ser bastante significativa.

E ele terá que ser protegido por aqueles que o amam. E ele terá que ser auxiliado por aqueles que foram chamados até ele. E eles terão que perceber que eles não podem fracassar. Eles não podem cair ou desaparecer nas sombras. Eles devem ser fortes. Eles devem ser honestos. Eles devem estar dispostos a trilhar um caminho que os desafia, que os eleva e que exige coisas grandes deles, pois é desta forma que as pessoas são redimidas, você entende?

Deus não agita uma varinha e faz desaparecer todas as suas inabilidades, frustrações e conflitos. Deus lhe dá coisas grandes para fazer, coisas importantes para fazer, coisas que você pode fazer, coisas que são necessárias. E é através disso, se você puder encontrar e seguir este conselho maior, que esta redenção estará a caminho.

Os separados são recuperados por meio do Conhecimento, a inteligência mais profunda que está colocada dentro de toda a vida senciente. Eles são salvos ao seguirem o Conhecimento, o que conduz a uma vida de serviço e de contribuição.

A Nova Revelação de Deus fala destas coisas em grande detalhe, respondendo muitas questões com respeito a elas. Pois a Revelação de Deus, dada através da Assembleia Angélica, é a mais ampla jamais dada – dada agora a um mundo que é muito mais instruído, um mundo de comunicações globais, um mundo de comércio global, um mundo enfrentando problemas globais e calamidades em potencial.

Deus está dando agora uma Mensagem, não em parábolas, não em contos, não em [anedotas], mas sim nas palavras mais claras possíveis que podem ser fácil e claramente traduzidas para outras línguas, dadas com muita repetição, dadas com muito esclarecimento, dadas com seu próprio comentário de modo que não dependam de comentários humanos futuros para definir o que isso significa para as pessoas.

A Nova Revelação de Deus é para trazer você para mais perto de Deus e do que Deus quer que você faça, e do que você está aqui para fazer, e para lhe mostrar como seguir o que você está aqui para fazer e para discernir isto de todas as outras vozes, forças e influências na sua mente.

Deus deu a vocês os Passos para o Conhecimento para assumirem o caminho, para que assim vocês possam aprender a conectar a sua mente mundana a serviço de uma mente maior dentro de vocês, de tal modo que todas as suas habilidades sejam melhoradas e todas as suas incapacidades sejam reduzidas.

Somente Deus pode fazer isso para cada pessoa. Você não tem como entender isso. Você irá trazer cada argumento em contrário, mas os seus argumentos apenas provam que você não pode entender de que forma Deus trabalha por meio das pessoas ou o que Deus pretende fazer.

Pois agora a Palavra de Deus não é simplesmente para este momento, para a crise de hoje, mas para a crise de 25 anos a partir de agora e 50 anos a partir de agora e 100 anos a partir de agora. E é por isso que Deus lhe deu a Revelação sobre a Vida no Universo, para que você possa se preparar para esta realidade. Nunca algo parecido com isso jamais foi dado à humanidade antes.

Para enfrentar isso, para receber isso, para permitir que isso inicie o processo de redenção em sua vida, você deve estar disposto a avaliar sua vida, a mudar sua vida onde é necessário, a ser corajoso a este respeito, a ser determinado a este respeito, a desistir de seus outros deuses – seu deus das obrigações, seu deus da paixão, seu deus da acumulação – seus outros deuses. Não para fazer de você um renunciante, mas para torná-lo uma pessoa capaz e livre o suficiente para empreender um trabalho e um serviço maior no mundo.

Somente Deus sabe o que isso significa. Pois você não pode servir o mundo se você está zangado com o mundo. Você não pode servir as pessoas se você não as ama. Você não pode nem mesmo enfrentar seus inimigos se você os condena completamente. Deus sabe o que isso significa.

Pela primeira vez na históra, agora você pode ver o processo de Revelação e pode recebê-la em sua forma pura, sem que ela seja alterada ou reconstruída mais tarde por aqueles que não conheceram o Mensageiro.

Este é o maior dos momentos, você entende? Que através das maravilhas da tecnologia, você possa ouvir a Voz da Revelação: uma Voz como aquela que falou para Jesus, Buda e Muhammad, e os outros grandes Emissários, que permanecem desconhecidos no mundo.

O desafio está sobre você, então, pois o Mensageiro não está aqui para provar-se para você. Você deve provar-se para ele e para aqueles que o enviaram. Negue ele, e você negará aqueles que o enviaram. Você negará o Senhor do universo a fim de proteger as suas ideias religiosas, as suas ideias sociais, as suas ideias políticas, as suas queixas, os seus medos, a sua condenação da religião, o seu orgulho, a sua arrogância, a sua ignorância, a sua estupidez sem nem mesmo olhar para ver o que a Revelação realmente é.

Você verá especialistas fazendo isso – pessoas bem educadas, teólogos, filósofos, pessoas que você admira – agindo tão tolamente, tão cegamente. Pois o Conhecimento não está forte o suficiente dentro delas para chamá-las a ver a Nova Mensagem e a considerá-la seriamente.

Elas irão rejeitá-la no campo filosófico. Elas dirão, “Bem, nós não pensamos mais assim sobre Deus.” Elas não sabem do que estão falando. Acham elas que sabem como Deus trabalha, o que é Deus, como Deus se manifesta, como Deus influencia, como Deus promove correção? Não, elas têm o Deus da antiguidade como seu ponto de referência, ou talvez alguma filosofia recente. Elas não conseguem ver isto claramente porque elas não conseguem abordá-la claramente. Elas irão pensar que ela é outra coisa.

O Mensageiro terá que enfrentar tudo isso, você entende? E para ele isto será tão desanimador. Ele é um homem humilde. Ele foi enviado ao mundo por este propósito. Ele a leva ao mundo de modo relutante, conhecendo os grandes riscos, perigos e desapontamentos. Mesmo as pessoas que ele possa admirar se virarão contra ele. Mesmo aqueles que acham que o conhecem – seus membros da família, talvez – irão se virar contra ele. Pois quem reconhece um Mensageiro de Deus em um tempo de Revelação?

Quando você reconhecer que ele possui a tarefa mais difícil no mundo e a maior Mensagem para o mundo, você irá querer ajudá-lo. E você terá que olhar e ver em seu próprio coração o que você está disposto a fazer [a fim de] fazer isto, dadas as suas circunstâncias, a sua saúde e as suas verdadeiras capacidades. Num tempo de Revelação o desafio está sobre o recebedor, você entende?

O Mensageiro traz a Mensagem. Ele não tem que fazer truques de circo para as pessoas. Ele não tem que agradá-las, satisfazê-las, dar para elas o que elas querem, atender as expectativas delas e realizar suas ambições, pois ele não irá fazer estas coisas.

Antes os Mensageiros foram demonizados e destruídos porque eles não deram às pessoas o que elas queriam. Eles não podiam ser usados como um recurso por aqueles que os ouviram e os viram e receberam deles.

Você verá isto de novo. As pessoas tentam lucrar com a situação como elas tentam lucrar em toda situação, como se elas fossem gafanhotos sobre a terra. Mas você não pode lucrar com o Mensageiro a menos que você possa receber a Revelação e tomar os Passos para o Conhecimento você mesmo.

E não assuma a posição de que você não sabe, porque isso não é realmente honesto, você entende? “Bem, eu não sei sobre este Mensageiro. Eu simplesmente não sei”. Isso não é realmente honesto. Você não está levando isso de modo profundo o bastante. Pois em seu coração, você pode ver e saber isso. Não se esconda [atrás] de indecisão.

O desafio está sobre o recebedor em um tempo de Revelação. E o Mensageiro irá ver diante de si, e você verá se você fizer a jornada com ele, todas as maneiras de enganar a si mesmo, de negar a si mesmo, de confabulação, toda sorte de insensatez, todo tipo de ganância, todo tipo de ambição, todos colocados diante dele à Luz da Revelação. Pois tudo que é impuro, tudo que está corrompido, tudo que é equivocado será revelado à Luz da Revelação porque ela é pura. E ela revelará a impureza de tudo ao redor dela.

É por isso que as pessoas correm para o outro lado. É por isso que as pessoas não querem olhar. É por isso que as pessoas erguem muros e atiram pedras. Elas não querem ter suas impurezas reveladas para si. Elas não querem ter que reconsiderar suas crenças centrais. Elas não querem ter que repensar suas religiões à luz da Nova Revelação. Elas não querem ter que encarar a si mesmas e a vida que elas têm levado, e como ela tem sido prejudicada e desonesta de tantos modos. Mas isto é o que acontece num tempo de Revelação.

No passado, as pessoas fizeram do Mensageiro um deus, diferente delas. “Ah, nós nunca teremos que ser como ele, então nós ficamos desobrigados. Nós estamos dispensados do desafio da Revelação”. Elas tornaram o Mensageiro tão elevado e especial, a posição dele tão inatingível, que elas nunca teriam de trabalhar muito duro de verdade, você entende?

O Mensageiro terá que enfrentar tudo isso. Você não pode imaginar o desencorajamento. Você não pode imaginar a dificuldade. Você não pode imaginar a tragédia do fracasso humano que será revelada à Luz da Revelação.

Mas a Revelação traz poder, força, integridade e dignidade para a pessoa e pede que ela faça o que ela sabe que deve fazer, e que seja honesta o bastante para ver isso e para seguir isso, sem tentar comprometer ou fazer algum tipo de acordo.

A Nova Mensagem traz bênçãos sobre todas as pessoas, vindas de todas as tradições de fé, de todas as nações, de todas as classes econômicas de pessoas – o rico, o pobre, todos entre uma ponta e outra. Ela traz a bênção de uma revelação interior com o Conhecimento. Ela traz preparação para um mundo que todos terão de enfrentar juntos. Ela traz a Revelação sobre o universo que todos terão de enfrentar juntos. Ela traz o mistério da vida interior da pessoa – o poder e a presença do Conhecimento que existe além da esfera e do alcance do intelecto.

Você não pode nem mesmo imaginar o que isto pode fazer pelo indivíduo. Mesmo se eles derem pequenos passos, isto irá começar a fortalecê-los e a dar-lhes uma coragem que antes não possuíam.

Deus abençoa os separados, os solitários e os miseráveis – quer sejam eles ricos ou pobres. E a Revelação é para eles, e é para você e é para cada um no mundo que puder recebê-la. Pois muitos devem receber esta Revelação para que ela tenha seu grande impacto na consciência humana, na cooperação humana, no término das guerras e na preparação para a Comunidade Maior que tem que começar.

Não faça do Mensageiro a sua controvérsia. Faça controvérsia de sua própria resposta à Mensagem. Sua controvérsia é a sua indecisão sobre se você será uma pessoa real e honesta, e sobre o seu investimento naquelas coisas que levam você para longe disso e o que isso tem lhe custado e o que você vai fazer a respeito. Esta é a controvérsia. A controvérsia não é a excelência teológica da Nova Revelação, de acordo com o que é considerado ser verdadeiro até agora na esfera humana, como se a humanidade pudesse realmente entender estas coisas.

A real controvérsia é como as pessoas irão responder em um tempo de Revelação – se elas ficarão obcecadas com o Mensageiro e com as expectativas e demandas que elas têm a respeito dele, ou se elas levarão a sério o que a Revelação realmente está lhes dando e lhes comunicando, repetidas vezes.

As pessoas têm orado honestamente, sinceramente, por redenção, por libertação, para melhorar suas circunstâncias e a qualidade de suas vidas, para melhorar a saúde delas e a saúde daqueles que elas amam, para melhorar seu meio-ambiente, para melhorar seu mundo. E Deus finalmente respondeu em uma Mensagem para todos – não somente uma pequena mensagem para uma tribo ou um grupo, mas uma Mensagem para o mundo inteiro, porque o mundo inteiro necessita desta Mensagem agora.

Aqui você não abandona a sua fé, a sua tradição religiosa. Você simplesmente traz a Revelação para dentro delas – para amplificá-las; para torná-las maiores, mais potentes, mais poderosas; infundi-las com o Espírito, a intenção e o grande Amor de Deus.

Aquilo que ficou velho, seco, irrelevante, carente de paixão, de significado, de propósito e de aplicação agora é infundido com tudo aquilo que irá torná-lo vivo.

Pois mesmo os cristãos devem se tornar pessoas dispostas a enfrentar as Grandes Ondas de mudança e a emergência da humanidade numa Comunidade Maior de vida. Os muçulmanos, os judeus, os budistas – todos os grupos religiosos, grandes e pequenos – estão todos enfrentando os mesmos desafios e o risco de calamidade. Todos eles necessitam de uma Nova Revelação de Deus.

Todos eles necessitam ouvir o Mensageiro – considerando honesta e pacientemente tudo o que ele traz.

Este é o tempo de Revelação. Há um Mensageiro no mundo. Ele traz uma Revelação que não se parece com nada do que foi dado anteriormente, falando de coisas maiores que nunca foram consideradas ou necessárias anteriormente. Ele traz o esclarecimento da espiritualidade ao nível do Conhecimento. Ele fala daquilo que sempre foi verdadeiro, e daquilo que nunca foi considerado.

Ouça ele. Receba ele. Seja honesto. Você não sabe ainda quem ele é ou o que ele traz até que você dê a isto a sua consideração honesta, objetiva – estando disposto a ser desafiado, estando disposto a reconsiderar as suas ideias, estando disposto a pensar novamente onde você está e o que é real e o que está acontecendo em sua vida e no mundo ao seu redor.

Deus e a Presença Angélica zelam pelo mundo para ver como as pessoas responderão, quem irá responder, como elas responderão, a pureza da resposta delas, a disposição delas para se submeter a uma transformação profunda dentro de si mesmas à luz da Revelação. Quem fará objeção, quem irá resistir, quem lutará contra isto, quem tentará destruir a Nova Mensagem de Deus e o Mensageiro de Deus no mundo?

Os olhos do Céu estarão observando. O teste é para a humanidade. Pois esta não é apenas uma grande dádiva, a maior que você possa imaginar, ela é também um teste. Pois aprender é sempre um teste, e uma grande aprendizagem é um grande teste. E uma grande necessidade é um grande teste. E viver na realidade física é um grande teste. Os olhos do Céu estarão observando para ver como e se o Mensageiro deles é recebido aqui. Que este seja o seu entendimento.