A história do Mensageiro

Ouça a revelação falada original (em inglês):

Baixar (clique com o botão direito para baixar)

Assim como revelado ao Mensageiro de Deus
Marshall Vian Summers
em 23 de maio de 2011
em Boulder, Colorado, EUA.

Sobre esta gravação


Nesta gravação em áudio você está ouvindo a voz da Assembleia Angélica falando através do Mensageiro Marshall Vian Summers.

Aqui, a comunicação original de Deus, que existe além de palavras, é traduzida em linguagem e entendimento humano pela Assembleia Angélica que supervisiona o mundo. A Assembleia em seguida entrega a Mensagem de Deus através do Mensageiro.

Neste processo incrível a Voz da Revelação está falando novamente. A Palavra e o Som estão no mundo. Pela primeira vez na história, a gravação de uma revelação original falada está disponível a você e ao mundo para ser vivenciada.

Que você seja o recipiente desta dádiva de Revelação e que você esteja aberto para receber a sua Mensagem única para você e para a sua vida.



Hoje vamos contar a história do Mensageiro. É uma história que contém grande poder e significado, se puder ser compreendida.

Pois o Mensageiro não é uma pessoa comum, embora ele pareça ser comum do lado de fora. E porque ele é um homem humilde, ele não exalta a si mesmo de nenhuma forma. Ele não busca reconhecimento mas sim uma conexão mais profunda com aqueles que estão destinados a encontrá-lo e a receber a Nova Revelação de Deus.

Neste sentido, ele é subestimado e irá permanecer silencioso com os outros. A proclamação dele não é de si mesmo mas sim da Revelação, porque é por isto que ele veio. Esta é a razão dele estar no mundo.

No entanto, na maior parte da vida dele até agora, ele não estava ciente disto. Porque o seu chamado veio mais tarde em vida, em um tempo quando ele estava preparado para recebê-la e a começar a longa preparação que seria requerida para se preparar para receber a Revelação, e em seguida receber a própria Revelação.

Quarenta anos seriam precisos para fazer tudo isto. Quarenta anos de estar disponível, de trilhar no deserto sem um resultado certo, sem perceber a importância do empreendimento dele. Quarenta anos sem outras obrigações sérias além da família dele. Quarenta anos para desenvolver a confiança e a segurança, e a fidelidade e a integridade que seriam necessárias para se tornar o Mensageiro.

Antes dele ser enviado ao mundo, as Hostes Angelicais prepararam ele e colocaram no fundo de sua mente, a consciência e o entendimento que ele traria mais tarde ao mundo – Conhecimento e Sabedoria do universo, das raças mais avançadas do universo; um entendimento do futuro do mundo e de onde a humanidade está se dirigindo em sua evolução, e todos os grandes perigos e riscos associados com isto; um maior entendimento dos relacionamentos humanos, o que traria a ele uma maturidade maior enquanto ele crescia no mundo.

Tudo isto foi colocado profundamente dentro dele, abaixo da superfície da mente – para mais tarde ser descoberto, para mais tarde emergir, e para mais tarde ressoar com a própria Revelação. Para que Revelação não fosse estranha para ele, devido ao que foi dado a ele antes dele vir ao mundo.

Ele foi enviado a uma família, uma família conservadora, vivendo nos Estados Unidos, uma família que não teria nenhuma idéia do destino maior e compreensão maior dele. Ali ele cresceria com um mínimo de influências do mundo, insulado e abrigado das tragédias e corrupção do mundo ao redor dele. Ele iria crescer em uma família com dois irmãos mais velhos e com um pai enfermo, um pai que de outra forma teria tido influência indevida sobre ele.

O terreno estava sendo preparado para algo emergir no futuro distante. Ele iria passar pela escola, graduar-se na universidade, sendo apenas consciente de que ele tinha um destino e propósito maior e muito incomum no mundo. Ele foi impedido a se dar a qualquer carreira ou a qualquer relacionamento, impedido de comprometer a sua vida antes que a Revelação pudesse ocorrer.

Durante este período, ele iria aprender muito sobre a condição do mundo e sobre os relacionamentos humanos. Ele encontraria muitas pessoas e iria provar das tristezas e prazeres deste mundo até certo ponto, mas sempre sendo retido para algo maior.

Para isto, ele teria que desenvolver uma confiança de que a sua vida não estava sendo perdida ou desperdiçada. A Presença estava com ele somente até o ponto de manter a sua verdadeira direção e apontar a sua vida para o encontro sagrado que aconteceria muito mais tarde.

Quando ele estava com 33 anos de idade, Nós Nos apresentamos a ele e a iniciação começou – uma iniciação que iria alterar tudo sobre a sua vida. Todavia, devido a quem ele era e ao que havia sido dado a ele, a ressonância estaria ali. A Nossa presença e o Nosso propósito não seriam estranhos a ele – mas somente chocantes, e novos, e incertos.

Um ano depois ele iria encontrar a sua grande companheira, a sua esposa, que iria fazer uma jornada com ele através de todos os difíceis e formativos anos que seriam requeridos para ele se preparar para o seu papel maior na vida. O seu filho iria emergir logo depois, e ele também teria um destino maior com seu pai.

Outros viriam se juntar a ele enquanto ele começava a sua longa preparação. Porém nem todos eles foram capazes de permanecer com ele. Alguns iriam vacilar e falhar à margem da estrada, ou somente puderam dar apoio por um tempo muito curto. Todavia as suas companhias verdadeiras começariam a chegar enquanto ele faria progresso em sua preparação.

Quando ele estava com 40 anos de idade, ele recebeu os Passos para o Conhecimento, o grande Ensinamento da Revelação, o Livro de Práticas. Ele estaria preparado para receber isto em um período muito curto, sob circunstâncias extraordinárias. Isto iria começar outro estágio em sua preparação para ser o Mensageiro. Mas mesmo nesta idade, ele ainda não saberia sobre seu destino e seu papel futuro, porque essas coisas não podem ser reveladas muito cedo, do contrário a pessoa pode ficar aterrorizada ou sobrecarregada, e se retirar ou buscar escape. Então a tomada de consciência de seu destino e seu papel significativo no mundo só seria dada incrementalmente conforme ele fazia progresso.

Durante este tempo, ele tentou conseguir outros para estarem com ele, em sua jornada inexplicável, mas poucos puderam se juntar a ele além de sua esposa e filho, e outros poucos indivíduos. Porque quem pode percorrer o caminho do Mistério e durante o processo manter a sua saúde, bem-estar e estabilidade no mundo?

Para Marshall ser capaz de se tornar o Mensageiro, ele teria que ter um pé em ambos os mundos – um pé no mundo real das interações humanas, dos relacionamentos humanos, e das dificuldades e complexidades das relações entre as nações. Ele teria que ver coisas que eram muito perturbadoras. Ele não poderia se esconder em um mundo de preferências, acreditando somente em coisas felizes, ou coisas lindas ou coisas espirituais.

Ele teria que ter um pé no Mistério, profundamente ancorado ali para que os desafios e as tentações do futuro não o tirassem de seu papel e propósito. Quem no mundo pode entender estas coisas? Quem no mundo jamais encontrou o Mensageiro ou pôde compreender o mistério e o poder de sua presença no mundo?

Muitas pessoas vão simplesmente querer coisas do Mensageiro – milagres, dispensações, favores. Elas querem ser curadas. Elas querem ser abençoadas. Elas querem ser enriquecidas. Elas querem ser resgatadas. Elas querem ser salvas. Elas não se importam com quem ele é, contanto que ele possa dar estas coisas, e então elas vão acreditar, mas somente para receber, você compreende? A jornada dele, portanto, seria solitária, isolada, além do alcance até mesmo daqueles que foram enviados para o acompanhar e auxiliar.

Ele teria que viver em dois mundos, ligando duas realidades – tão dissemelhantes elas são entre si. Quem pode fazer isto sem perder a cabeça ou desmoronar, ou ser seduzido por forças sombrias no mundo, ou ser atingido pela tragédia, a perda e a privação? Tem sido uma estrada muito longa a percorrer, uma estrada muito desafiadora com muitos perigos, mas o Mensageiro chegou ao seu destino.

Ele levou vinte e cinco anos para receber a Revelação, ela é tão grande. É a maior Revelação jamais dada a este mundo porque o mundo é um mundo alfabetizado, um mundo de comunidades humanas e de uma comunidade mundial, um mundo de transportes globais, de infraestruturas e comunicações globais.

Aqui você não está se preparando para ter uma vida campestre em algum lugar. Você está se preparando para um mundo em declínio, um mundo onde os recursos estão diminuindo e de crescente agitação econômica e política, e você está enfrentando a realidade de vida no universo – uma realidade que constitui riscos, perigos e oportunidades que a humanidade ainda não reconheceu.

Estas são coisas para as quais o Mensageiro tem sido preparado para falar, porque elas são parte da Revelação, como elas são parte do destino da humanidade – um destino que poucos no mundo ainda podem ver claramente sem distorção ou preferência pessoal.

O Mensageiro parece comum. Ele é um homem humilde. Ele não vai afirmar a si mesmo pessoalmente. Mas dentro dele está o mistério e o poder da Criação, e a ponte entre este mundo e a Presença Divina que vigia este mundo.

Ele é parcialmente um de Nós, e parcialmente um de vocês. Ele tem que manter ambas as realidades e ser o pastor a levar as pessoas para cima da montanha, que é delas para escalar.

Ele é tão grande quanto os grandes Emissários do passado? Somente o tempo e as circunstâncias vão dizer. Ele não irá proclamar a si mesmo, você compreende? Porque os ambiciosos nunca são escolhidos. Aqueles que buscam auto-glorificação nunca recebem os papéis maiores para se cumprir, ou as Mensagens maiores para a humanidade. Somente aqueles que são relutantes, e honestos, e auto-reflexivos poderiam ser escolhidos para um papel tão alto e significativo.

Porque só existe um Mensageiro no mundo, e este Mensageiro será o Mensageiro para este tempo e para os tempos por vir. Ninguém mais afirmando isto para si mesmo pode trazer a Revelação. Ninguém mais pode percorrer a jornada que o Mensageiro teve que percorrer.

Outros darão presentes importantes onde eles são necessários, e ao final de contas todo mundo está destinado a fazer isso, porque isso é parte do propósito de cada pessoa. Todo mundo será um canal para uma Presença e Poder maiores. Mas existe somente um Mensageiro, cuja Mensagem alterará o curso do entendimento humano e falará da grande mudança que mudará o curso do destino e evolução humanas.

Sem a Nova Mensagem de Deus, a humanidade iria cair em graves conflitos e declínio acentuado, tornando vocês vulneráveis a poderes estrangeiros que já estão neste mundo para ganhar influência e autoridade aqui. As pessoas não percebem que elas estão na beira do precipício, não somente de grande mudança, mas também de subjugação.

Esta é a Escuridão Maior no mundo, uma Escuridão Maior sobre a qual a maioria das pessoas tem medo de mais de sequer pensar. Mas ela é algo para o qual a humanidade precisa se preparar, e é por isto que Deus tem dado uma Nova Revelação.

Um novo Profeta veio ao mundo. Julgue-o como for. Exalte-o ou negue-o. Chame-o de grande ou chame-o de outras coisas. A estimativa das pessoas não tem nada a ver com a realidade. Porque o que as pessoas querem e o que Deus sabe, não são a mesma coisa. O que as pessoas pensam e para onde o mundo está indo, não são a mesma coisa.

O Mensageiro será negado. Ele será ridicularizado. Outros vão atacá-lo. Outros se sentirão ameaçados pela sua presença e suas proclamações – não porque ele esteja errado mas porque elas não podem encarar o fato de que Deus falou novamente. Elas não têm a coragem ou a humildade para reconsiderar a posição delas, as idéias delas, ou os investimentos prévios delas em si mesmas.

Este é o desafio de encontrar o Mensageiro. Ele traz toda uma nova realidade com ele, nele, ao redor dele, e através dele – uma realidade que a humanidade ainda não está madura o bastante para encarar coletivamente. Somente indivíduos estarão prontos para ele, porque eles tem sido preparados através da experiência de vida deles, através de desilusão, desapontamento e outras coisas.

Existem muitas pessoas esperando pela Nova Revelação. Elas têm que saber sobre o Mensageiro, porque ele é a demonstração de que o Poder e a Presença voltaram ao mundo.

Para ver isto, você tem que olhar com olhos claros. Você tem que escutar. Você tem que escutar com um escutar mais profundo. Você tem que permitir que o poder do Conhecimento – a inteligência mais profunda dentro de você – responda.

Porque se você julgar o Mensageiro baseado em idéias ou em suas próprias projeções de medo e culpa, você não verá e você não saberá. Se você não puder receber a Nova Revelação de Deus, então na verdade o que Deus pode fazer por você? Se você não puder seguir o que Deus colocou dentro de você para seguir, o poder e a presença do Conhecimento, o que mais Deus pode fazer por você ou pelo mundo?

Existem incontáveis mundos no universo, mundos habitados. Este é somente um. O Senhor deste mundo é o Senhor de todos os mundos. Não é um universo humano que você está enfrentando, e é por isto que as suas noções de Céu e Inferno são tão incorretas, tão limitadas e muito patéticas.

É para lhe levar à Comunidade Maior, que representa parte do propósito do Mensageiro e da Nova Revelação.

O Mensageiro está enfrentando uma tarefa monumental. Ele sozinho não pode trazer a Revelação ao mundo. Será necessária a participação, a contribuição e a comunicação de muitas outras pessoas que podem auxiliá-lo desta maneira.

A Revelação tem sido dada com o seu próprio Comentário e em tal riqueza de detalhes e repetição que ela não vai depender tão fortemente da interpretação humana como foi com as prévias Mensagens que têm sido dadas à humanidade. Ela traz consigo o entendimento da espiritualidade no nível do Conhecimento – Conhecimento e Sabedoria da Comunidade Maior – uma preparação para um mundo novo e em declínio, um grande ensinamento sobre relacionamentos e responsabilidade, e o que as nações têm que saber para cooperar umas com as outras diante da grande mudança que está vindo.

Esta não é a filosofia de um homem. Isto é além da filosofia. Isto não está associado com nenhuma religião do mundo. Isto é o início de todo um novo entendimento. Esta não é uma rejeição ou reação às religiões do mundo. Esta é uma Nova Mensagem de Deus. O Mensageiro está no mundo. Ele não estará no mundo por um tempo muito, muito longo, e é por isto que ele tem que ser reconhecido, para aqueles que têm esta grande oportunidade.

A vida dele tem sido inexplicável. A presença dele é inexplicável. Você tem que ver com olhos claros e escutar com um ouvido mais profundo para reconhecer estas coisas. O fardo então está sobre o ouvinte, sobre o recipiente.

O Mensageiro recebeu quase toda a comunicação. É o bastante para durar por gerações e séculos. Porque ninguém pode lhe dizer como se preparar para o novo mundo. Ninguém pode lhe dizer como se preparar para uma Comunidade Maior de vida inteligente – um ambiente competitivo numa escala que você nem pode imaginar. Ninguém pode lhe dizer sobre a mente mais profunda. Ninguém pode providenciar a Nova Revelação.

As Revelações são sempre dadas a um indivíduo, para que não haja confusão. Não existem versões diferentes. Não existe competição entre indivíduos diferentes que façam a mesma alegação e proclamação. É sempre um indivíduo com a assistência de certas pessoas corajosas que pode trazer uma nova consciência e realidade ao mundo.

Toda era tem seus profetas, mas os Mensageiros só vêm raramente para alterar o curso do entendimento, consciência e destino humanos.

Você verá que o Mensageiro será julgado. Ele será condenado. Outros irão fazer o propósito deles em destruí-lo. Aprenda as lições do passado a este respeito. Ele não está simplesmente aqui para sacrificar a si mesmo para que outras pessoas possam criar uma história sobre ele. Ele tem a sua própria história – a história do Mensageiro, uma história sobre a qual ele é humilde de mais para falar, uma história que tem que ser revelada a todos que possam ouvir e entender.

As pessoas querem que o Mensageiro seja muitas coisas, para atender aos seus desejos, às suas crenças e suas preferências. Mas o Mensageiro tem sido preparado por Poderes Maiores e enviado pelo Divino a estar no mundo de acordo com um Plano Maior e um destino maior.

Seja então cuidadoso em como você se aproxima deste indivíduo raro e significativo. Seja cuidadoso a respeito de suas expectativas, suas crenças, suas idéias pré-concebidas, seus A julgamentos e suas queixas. Porque todas estas coisas podem lhe cegar para quem ele é, e para o que ele tem a oferecer a você e a todo o mundo.

Que a Bênção esteja com ele. O Poder e a Presença está com ele. Ele é falível. Ele não é perfeito. Ele irá enfrentar muitas dificuldades. É aquilo que está nele, e com ele, e através dele, que é perfeito. A vida dele é um veículo para isto, como a sua vida é um veículo para algo importante também. Mas ele é a semente de um futuro maior para a humanidade, um novo entendimento de sua existência dentro de uma Comunidade Maior de vida, e da grande virada pela qual a humanidade está agora começando a passar.

Que este seja o seu entendimento, mas não chegue a conclusões, porque a percepção do Mensageiro só está começando.