Assim como revelado a
Marshall Vian Summers
em 20 de setembro de 1993
em Boulder, Colorado, EUA.

Greater Community Spirituality

Seu entendimento do mundo e de todas as coisas no mundo mudará à medida que você avança no Caminho do Conhecimento. Certamente o seu entendimento de si próprio – suas necessidades, seu propósito e sua direção – mudará à medida que você progride. Isso lhe dará uma perspectiva diferente e uma perspectiva crescente à medida que progride.

Dentro dum contexto maior, o mundo é um lugar ao qual você veio para servir, para dar e para reunir-se com aqueles que você está destinado a encontrar, conhecer e participar. Esta definição, embora universalmente real, é uma verdade que não é acessível para muitos seres humanos neste estágio de desenvolvimento, porque eles estão focados demais na sobrevivência e na gratificação para poderem ver a importância dela. Porém, mesmo enquanto você está compreendendo o significado desta ideia e começa a experimentá-la dentro do âmbito de seus próprios relacionamentos e entendimento, ela abre um panorama completamente novo, uma vista maior de onde coisas, que não podiam ser vistas e conhecidas anteriormente, agora podem ser vistas e conhecidas.

O mundo é principalmente um lugar para dar. Você aprende isto por meio da doação. É um lugar para se associar e se reassociar. Você aprende isto por meio da associação e da reassociação. Você veio de um lugar além do mundo trazendo dádivas para o mundo. Isso com certeza é verdade, mas não se torne presa do pensamento que isso aponta um papel grandioso para você. De fato, seu papel será bem específico e só lhe trará atenção e aclamação nas mais raras circunstâncias. Isto deve ser claramente entendido, porque você vê aqui que o mundo é algo bem diferente daquilo que você pensava anteriormente. Em vez de ser um lugar para proclamar-se e estabelecer-se, é um lugar para se realizar algo nos bastidores, em segredo, sem reconhecimento e aclamação. É deste modo que o Conhecimento opera no mundo, e é deste modo que você aprenderá a trabalhar no mundo à medida que você começa a experimentar um propósito e uma direção maiores na vida.

Antes disso, o mundo era um lugar no qual sobreviver e satisfazer a si próprio, mas agora ele está se tornando outra coisa. Isso está em harmonia com a verdade no panorama maior da vida, o qual chamamos a Comunidade Maior – que os Sábios em todo lugar operam com o máximo de sigilo possível. Eles contribuem com suas dádivas àqueles indivíduos para os quais suas dádivas são destinadas e necessárias.

O Conhecimento é raramente bem-vindo em qualquer sociedade na Comunidade Maior, exceto naquelas poucas que avançaram e se afastaram das dificuldades e das tribulações dos envolvimentos da Comunidade Maior. Em todas as outras sociedades, independentemente da natureza de seu meio-ambiente, sua cultura, sua ética, suas crenças e suas normas, os Sábios precisam exercer seus dons e seu trabalho com muita cautela. O Conhecimento encontra expressão única em diferentes sociedades na Comunidade Maior, mas o propósito e o destino dele são os mesmos – reunir você com aqueles que foram enviados para compartilhar o seu propósito na vida a fim que você realize a sua missão específica aqui. Depois você voltará para sua Família Espiritual além da vida manifesta, e lá você se preparará para sua próxima tarefa.

Não existem Céus e Infernos. Só há trabalho a fazer, e só existem sucesso e fracasso neste sentido. Se você for bem-sucedido, você avança e progride. Se você fracassar, você traz um contratempo para si mesmo e sua Família Espiritual. O fracasso não é sempre uma questão de negligência. Às vezes ele é circunstancial. Nisso, não há culpa. Porém, dar-se conta da importância de chegar ao sucesso no encontro de seu propósito na vida, tal como ele existe realmente e não como você gostaria de tê-lo, é uma grande realização. Isso garante uma satisfação e uma noção de sentido que não podem ser encontradas de nenhuma outra maneira.

Você não está aqui para condenar o mundo. Você nem está aqui para reparar o mundo. Mas você está aqui para dar algo, e a sua dádiva sabe aonde ela precisa ir. Sua dádiva tem seus próprios recipientes designados. Você não pode mudar isto. Mas você pode determinar se a sua dádiva pode ser dada ou não. Você pode determinar quanto tempo será necessário para dar a sua dádiva. Você pode determinar o resultado. Mas o resultado final está além da sua determinação, pois ele faz parte dum Plano Maior. É um Plano que não predetermina todas as atividades e todos os eventos na vida, mas em vez disso dá uma direção para toda a vida e para a evolução da vida. Nisso, muita variedade e variação ocorrerão, mas o resultado final deve, finalmente, ser estabelecido em tempo.

Você tem um propósito em estar aqui. Isto é religião. Você tem uma mensagem para certas pessoas. Isto é fé. Você está no mundo para dar porque você tem uma Antiga Morada além do mundo. Você tem um propósito que transcende seus impulsos por sobrevivência e seus desejos por autogratificação. Esse propósito não nega estes outros impulsos e desejos, mas estabelece um foco superior e uma norma superior para sua vida.

O que é o mundo, então, para você que veio para dar? O mundo é um lugar que precisa de sua dádiva. Sua dádiva deve ser dada para certas pessoas em certo tempo duma certa maneira. Ela não é para todo mundo, e não é necessariamente para aqueles que você quer que ela seja. O mundo é como é porque é um lugar sem Conhecimento. É um lugar de conflito. Debaixo e subjacente a todos os aparentes conflitos na vida física, existe uma luta fundamental entre receber e resistir ao Conhecimento. Esta luta reside dentro de cada pessoa. É uma luta entre Conhecimento e vontade, entre união e separação, entre propósito e autodeterminação.

Tão poucas pessoas no mundo sabem que estão aqui numa missão e que podem deixar esta missão indefinida e inexplicada, e, todavia, a sustentar incondicionalmente mesmo assim. Tão poucas pessoas podem se doar para algo que é conhecido e urgente, mas que parece inexplicável e indescritível. Quão raros são estes indivíduos, e, contudo, eles são tão importantes para o progresso do mundo. Sem homens e mulheres de Conhecimento, a raça humana teria desvanecido há muito tempo. A promessa, a herança e o legado da humanidade são mantidos vivos pelas atividades daqueles que operam despercebidos e desconhecidos pela população em geral. Para eles, o mundo é algo muito diferente. As tribulações dele são oportunidades. Os conflitos dele representam o seu chamado. As dificuldades e os desastres dele representam sua condição. Não há queixa nem culpabilidade aqui. Só há trabalho para ser feito – uma grande dádiva para um lugar temporário.

Este entendimento transcende a moralidade humana e a moralidade de qualquer sociedade ou cultura dentro da Comunidade Maior. Portanto, sua aplicação é universal. Ele pode permear qualquer situação e proporcionar valor e sentido ali. É livre dos constrangimentos e das limitações da sociedade onde entra, assim como é a pessoa que carrega tal propósito com plena consciência.

O mundo não é um lugar sem sentido. Não é um lugar sem esperança. Não é um lugar mau. É um lugar problemático. A pessoa de Conhecimento precisa vir aqui para trabalhar, pois isto faz progredir aqueles que estão no mundo e aqueles que estão além do mundo.

A Espiritualidade da Comunidade Maior não é uma espiritualidade para uma raça só. É uma espiritualidade para muitas raças. Fundamentalmente, é uma espiritualidade para todo o universo. Como tal, ela se refere mais à experiência do que às ideias. O pensamento uniforme não é possível na Comunidade Maior por causa das variações em temperamento, valores, ambientes e desenvolvimento biológico. Contudo, a experiência do Conhecimento é universal, e isto transcende todos os costumes e as limitações locais. É benéfico além dos horizontes de sua consciência. É a fonte de inspiração em sua vida. É o sentido do mistério em sua vida.

Não tente explicar o Mistério ou o Mistério lhe será perdido. Não dê definição ao seu propósito ou seu propósito se tornará apenas aquilo que você definiu. Não afirme entender a sua origem ou o seu destino, pois pensar assim é negar a si mesmo a experiência direta, a qual constitui sua recompensa por adquirir acesso a uma Sabedoria Maior e um Poder Maior dentro de si próprio. Permita ao Mistério ser inexplicável e junte-se a ele em sua experiência mais profunda. Segure-o com a maior devoção. Siga-o sem constrangimentos. Mantenha-se em seu abraço e você saberá o que os outros não podem saber, você enxergará o que os outros não veem, e você ouvirá o que todos os corações pedem – liberdade e reunião com a vida tal como ela realmente é.

A Espiritualidade da Comunidade Maior está no coração de toda religião, e, no entanto, está além de toda religião. Ela é a fonte de toda inspiração, e, todavia, transcende todas as expressões de inspiração. Esta, então, é a sua Herança –achar isto, recebê-lo, abraçá-lo, e dá-lo de acordo com um Plano Maior do qual você é uma parte importante. Aceite o fato que seu papel será pequeno e específico. Não será autoglorificante. De fato, ele pode lhe afastar de seus planos de autorealização. E mesmo assim ele contém uma verdade maior, um entendimento maior e uma segurança maior na vida que você não encontrará em nenhum outro lugar.

Fique sem julgamento do mundo. Se o mundo fosse um lugar perfeito, você não precisaria vir aqui. Se o mundo fosse um lugar que funcionasse harmoniosamente, sem atrito ou conflito, ele não seria o lugar para você. O mundo representa todos os aspectos da condição humana, do mais alto ao mais baixo. O mundo existe também dentro dum contexto de Comunidade Maior, o que em grande parte não é reconhecido aqui. O mundo é o seu lugar para trabalhar e para dar. Os prazeres dele são pequenos, porém reais. As dores e as dificuldades dele são grandes. O mundo não pode lhe dar o que você busca, pois você trouxe consigo de além do mundo aquilo que busca. O mundo não pode dar resposta às suas grandes perguntas sobre a vida ou satisfazer o anseio maior que reside nos corações de todos que moram aqui. Isso requer um entendimento diferente. Isso fica com outra coisa, com algo que chamamos o Conhecimento.

O Conhecimento é a fonte de toda religião verdadeira na Comunidade Maior. Você tem a possibilidade de achar o Conhecimento, mas o seu entendimento do mundo e de todas as coisas dentro dele terá que mudar. Você precisa permitir que esta mudança ocorra. Não é uma mudança que você impõe a si próprio ou aos outros. É uma mudança que ocorre naturalmente. O que você deve fazer é permitir a esta mudança ocorrer e apoiar a ocorrência dela. Seu apoio é ilustrado pela maneira que você vive, pelo que você aprende, pelo que você pratica e em que você se doa.

A Teologia da Nova Mensagem não é uma teologia de ideias. É uma teologia de experiência e relacionamentos, pois estes são as mídias pelas quais o entendimento real é transmitido duma mente para outra. Estes são as mídias pelas quais um Conhecimento maior pode ser enviado e incorporado muito antes que o entendimento tenha-se desenvolvido com o tempo. De fato, você pode ter uma experiência que pode levar anos para compreender. Isto não é verdade segundo o que você experimentou?

Portanto, é preciso ter muita paciência para que o entendimento real se desenvolva. É preciso ser muito aberto para que a experiência real ocorra dentro de você. Aí tudo o que estamos dizendo fará perfeito sentido para você. Você irá ouví-lo; você irá sentí-lo; você irá sabê-lo. Parecerá tão familiar para você dum modo tão profundo e penetrante. Até que isso aconteça, nossas palavras parecerão esquisitas e estranhas, peculiares e desconcertantes. Todavia, elas são a verdadeira comida que lhe alimenta, não por causa das palavras que escolhemos especificamente, mas por causa da intenção e da força por detrás delas.

A verdade só pode ser conhecida; não pode ser compreendida. O propósito só pode ser conhecido; não pode ser compreendido. O mundo só pode ser conhecido; não pode ser compreendido. Você pode ser muito hábil e eficiente em discernir os mecanismos do mundo físico, mas isto não garante que você compreenderá o propósito dele, o valor dele ou o sentido maior dele na vida.

Um grande benefício para a humanidade em aprender a Espiritualidade da Comunidade Maior e a sua tradução humana na forma do Caminho do Conhecimento da Comunidade Maior é que ela lhe dá uma oportunidade de olhar externamente a si próprio. Ela lhe dá uma visão e um entendimento claros de si próprio, da sua situação, dos seus dilemas e das suas oportunidades. Quando você atingir esta consciência, coisas que antes você não podia entender irão parecer muito óbvias para você. E mesmo assim você ficará frustrado porque enxergará coisas que os outros não podem ver, e saberá coisas que os outros não podem ou não querem saber. Este é o preço de saber a verdade. Isso lhe coloca à parte. No entanto, esta separação é temporária. É só para se reposicionar na vida a fim de permitir o surgimento de um entendimento e um Conhecimento maiores dentro de você. Assim torna-se possível a união na vida e com a vida.

O que é o mundo? A resposta a esta pergunta deve estar sempre baseada no que você pensa ser e por que você acha que está aqui. Você não pode dar significado ao mundo sem abordar estas perguntas fundamentais sobre quem você é e por que você está aqui. As pessoas respondem a estas perguntas inconscientemente definindo seus objetivos e entregando-se às suas prioridades, sem jamais pôr em questão o sentido de seus objetivos e prioridades, e por que estes devem ser assim.

Para encontrar uma identidade maior e um propósito maior na vida, você deve ir além da especulação humana e de todas as ideias reconfortantes para si próprio que você acha reafirmadoras ou familiares. Isso centra você no Mistério. A partir deste Mistério, um entendimento maior do mundo surgirá, e sua experiência dele será bem diferente do que era anteriormente. Sua vantagem aqui é que o mundo não lhe estorvará mais interiormente. Sim, ele providenciará o contexto físico para sua vida e definirá sua vida externamente até certo ponto, mas a verdadeira força motivadora dentro de você será livre do mundo, e com isso você se tornará livre do mundo.

Este é o significado de superar o mundo. Aqui o mundo não é conquistado. Não é banido. Não é negado ou rejeitado. Significa simplesmente que você achou sua liberdade no mundo, e a sua liberdade no mundo é a liberdade de saber, de dar e de se associar – não de acordo com seus hábitos ou as exigências de sua vida exterior, mas de acordo com um Conhecimento mais profundo que agora está queimando dentro de você e que agora está vivo dentro da sua consciência. Esta verdade vale em qualquer mundo, em qualquer ambiente. Por isso ela representa uma Espiritualidade da Comunidade Maior, e por isso a sua aplicação é universal.

Quanto da verdade humana é universal? Quanto do que os seres humanos prezam e creem é realmente universal? Se vocês pudessem ter acesso à grande variedade de culturas na Comunidade Maior, vocês veriam quão limitada é a aplicação da verdade humana, o quanto ela assegura a si própria e o quanto ela é limitada. Os valores humanos, a ética humana, as vantagens humanas, os dotes humanos – o quanto a aplicação destes é limitada na Comunidade Maior. Portanto, o quanto estes são limitados em sua própria vida. Isso é verdade porque vocêm vivem na Comunidade Maior, porque seu mundo se situa dentro da Comunidade Maior e porque vocês fazem parte da Comunidade Maior.

Seu mundo está emergindo na Comunidade Maior agora. Ele está entrando em um grande limiar da vida, um limiar que eclipsará tudo o que vocês fazem, tudo o que veem e tudo o que creem. Preparar-se para a Comunidade Maior garante a sua sobrevivência e seu bem-estar. Mas, mesmo além disso, aprender e experimentar a Espiritualidade da Comunidade Maior lhes coloca na posição de adquirir o valor máximo e de fazer a maior contribuição dentro da realidade da evolução da vida. Assim se realiza o seu propósito aqui, pois vocês vieram para participar na emergência do mundo dentro da Comunidade Maior. Independentemente de suas atividades específicas na vida, sejam elas ligadas a esta grande emergência ou não, vocês entraram no mundo para apoiar isto porque é a grande necessidade e o grande destino da humanidade.

Dentro deste contexto mais abrangente da Comunidade Maior, você terá um entendimento que é profundo e eminentemente útil. Aqui sua habilidade para desenvolver o discernimento real, a verdadeira tomada de decisões, uma associação maior e uma sábia percepção, será profunda porque ela não será limitada pelos seus pensamentos habituais, pelo seu condicionamento mundano, pelo seu passado doloroso ou mesmo pelas grandes suposições que a maioria das pessoas ainda mantêm irrefletidamente. Isso lhe coloca numa posição para contribuir com a humanidade a fim de atender as necessidades maiores da humanidade. Visto desta posição, o mundo é um lugar para dar. É um contexto para dar. É um contexto temporário para dar algo que é permanente.

Aqui você pode aceitar as dores e as tribulações do mundo como parte das condições dentro das quais você deve dar. Esta aceitação é um ponto de partida importante, pois se sentir que o mundo traiu você e suas maiores esperanças e ambições, então o que você pode dar aqui? Se você sentir que o mundo é um lugar mau que negou os ideais superiores e as aspirações superiores dos seres humanos, então o que você pode dar aqui? Doação começa com compreensão e aceitação. Sem compreensão, sua dádiva não tem direção. Sem aceitação, sua dádiva torna-se um ataque à vida. Você não pode ajudar as pessoas se as ataca. Você não pode ajudá-las se você estiver horrorizado por elas, decepcionado com elas, frustrado com elas, hostil em relação a elas, zangado com elas ou impaciente com elas.

O universo é grande e as pessoas são pequenas. O Conhecimento é grande e a mente é pequena. Essas coisas se tornam cada vez mais claras à medida que você avança no Caminho do Conhecimento. É uma transição dum modo de pensar para outro, duma percepção do mundo para outra, dum conjunto de habilidades para outro.

Até aqui, você aprendeu a sobreviver e achou várias maneiras de proporcionar satisfação a si mesmo. Parabéns! Agora, é hora de você aprender sobre o Conhecimento e aprender as vias da Sabedoria tais como existem realmente na vida. Este é seu chamado e seu desafio. Não dê definição para seu propósito, pois o seu propósito agora consiste em se preparar. Seu propósito agora é aprender. Seu propósito agora é aprender O Caminho do Conhecimento de acordo com a realidade dele na vida, não de acordo com as invenções humanas.

Qualquer verdade que é real de modo genuíno deve ter uma aplicação universal. Pequenas verdades se aplicam a certas situações sob certas condições. Uma verdade pequena é assim. Mas uma verdade maior é universal. Ela permea tudo. Entretanto, cuidado, pois uma verdade maior tem incontáveis maneiras de se manifestar. A aplicação da verdade é condicionada pela situação em questão, todavia a experiência e a consciência da verdade são universais.

A única maneira para vocês saberem quem são seus visitantes da Comunidade Maior e o que eles tencionam fazer aqui, é através desta consciência da verdade e do Conhecimento. Vocês demorariam décadas ou mesmo séculos para deduzir isso com a sua mente. Vocês não têm décadas e séculos para compreender o que está acontecendo no mundo. A compreensão disso está ligada ao seu propósito em vir aqui.

O mundo lhe oferece uma grande oportunidade. É um lugar para trabalhar, para ter prazer em seu trabalho e para fazer progredir a si próprio e aqueles que lhe enviaram. Você que está lendo estas palavras tem uma grande vantagem e oportunidade aqui. Nós estamos falando para a parte de você que está além do seu entendimento e além de seus pensamentos habituais. Está sendo oferecido algo dum valor incomparável a você, mas para recebê-lo e compreendê-lo é preciso se abrir para ele. Não é preciso acreditar nele, mas você precisa experimentá-lo. A experiência lhe convencerá; a crença nunca lhe convencerá.

Aqueles que vigiam o desenvolvimento do mundo, estando além dos perímetros da vida física, veem o mundo como uma grande oportunidade para vocês. Eles veem o mundo como um lugar perfeito para vocês virem. A perfeição deste lugar será somente percebida à medida que vocês se reconciliem com o seu propósito real por estarem aqui. Aí vocês olharão para o mundo e dirão: «Sim, este é o lugar perfeito para eu estar», sem justificar os conflitos, o sofrimento e a discórdia que existem aqui. Não haverá engano nesta percepção e neste entendimento. Ficará claro.

Esta é a teologia da experiência e dos relacionamentos. Disso, um entendimento maior e um conjunto maior de ideais irão surgir. Um entendimento maior emerge duma experiência maior, caso esta experiência possa ser aplicada e corretamente compreendida e interpretada.

A Espiritualidade da Comunidade Maior representa uma tradição religiosa maior. É uma tradição religiosa da qual você faz parte porque você vive no universo. É uma tradição que não está limitada pelas ideias, costumes e rituais de qualquer mundo. É uma tradição que não é limitada pela devoção a uma divindade ou uma pessoa ou uma ideia. Ela lhe direciona para o seu Criador e para tudo que existe entre você e seu Criador – o grande tecido da vida que existe dentro e além do universo físico e o grande tecido de relacionamentos no qual você se encontra entrelaçado e interdependente. Experimente isso com aqueles que você foi enviado a se envolver e com aqueles que você foi enviado a servir, e nas situações mais mundanas você se dará conta da maior verdade.